Andréia Schwartz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
BandeiraES.JPG Este artigo é CAPIXABA!

Ele só aparece na televisão quando acontece tragédia, tem o pulmão preto de tanto pó de minério, torce pra time carioca e passeia na Vitória-Minas. Apesar disso, é trabalhador gente-fina, ao contrário dos seus primos sulistas.

Nós não vivemos apenas de Roberto Carlos.


Andreia Schwrtz
Andreiaschwartz.jpg
Que governador não comeria?
Ocupação Puta paga e cafetina
Medidas 90-60-92
Altura 1,70m
Peso 55 kg
Cabelo morena

Andréia Schwartz é, ou foi porque nunca mais ouvimos falar dela, uma gostosa brasileira bissexual ninfomaníaca puta de luxo dos sonhos de qualquer onanista, ficou famosa por ajudar os investigadores norte-americanos a fuderem com a barra do taradão Eliot Spitzer em cadeia nacional, mas acabou se fudendo também, mas como o trabalho da mulher era só ser fudida mesmo, não fez tanta diferença.

Biografia[editar]

Até o anúncio de seus serviços nos classificados do Jornal é um luxo.

Mulher que nasceu em algum canto do estado do Espírito Santo, Brasil, e que migrou para o Estados Unidos atraída por uma vida melhor em Nova York, acabou virando uma puta de luxo mesmo e companheira de quarto de Gyselle Soares. Para manter o Green Card arrumou um casamento de fachada com um cliente satisfeito qualquer.

A falta de vergonha na cara, o corpo sexy, capacidade de fazer folhinha verde e todas posições do Kama Sutra, além de carisma, fez de Andréia rapidamente uma das mais destacadas cafetinas de luxo dos Estados Unidos. Passava as noites observando garotas drogadas e as aliciando em sua vasta rede de prostituição com conexões na Tailândia e Hungria, vendia as garotinhas para alguns velhos gordos podres de ricos.

Andréia Schwartz, que diz ser de origem alemã tem cara de oriental, e por isso ganha confiança muito fácil que todo mundo acredita em japas, porque o povo nunca sabe que a moça era brasileira (e portanto golpista).

O escândalo[editar]

Andréia Schwartz é o pivô no escândalo que envolve Ashley Dupré (uma daquelas piriguetes quaisquer de Orkut) e o ex-governador de Nova York Eliot Spitzer. Parece que o tiozão governador pedia para Andréia aliciar garotas do Orkut para se prostituírem para figurões.

Só que quando a casa caiu, foi um festival de um dedurando o outro e todo mundo acabou no xadrez, e os figurões que não foram presos tiveram que se ver com as esposas enfurecidas. É claro que na treta tinha até tráfico de drogas rolando, acredita-se que Schwartz escondia papelotes de drogas no ânus. Há informações inclusive de que até o Batman teria caído nessa cilada da Mulher Gato.

De acordo com as investigações, acredita-se que foi Andréia quem indicou Monica Lewinsky como secretária de Bill Clinton também.

Andréia terminou presa, sofreu nas mãos das lésbicas e recebeu diversas outras torturas sexuais fictícias que retrata em sua autobiografia erótica.

Em 2008 foi solta, e como é uma mercenária, só dá entrevistas e tira fotos mediante a cachê. Esse artigo na Desciclopédia paga R$3.000,00 reais para Andréia Schwartz em direitos de imagem.

Bruna surfistinha 212.jpg
Grande série temática das putas
v d e h

Tipos de putas: Profissional do séquiço - Putas - Puta gostosa - Puta baranga - Puta paga - Puta de luxo - Atriz pornô - Puta comunista - Stripper - Gueixa - Vadias que fazem putarias mas alegam dignidade - Puta virgem

Putas famosas: Aileen Wuornos - Andréia Schwartz - Andressa Urach - Bruna Surfistinha - Calamity Jane - Catherine Walters - Christiane F. - Cora Pearl - Day McCarthy - Divine Brown - Deusa Puta - Frinéia - Gabriela Leite - Hilda Furacão - Inês Brasil - Jade Bolt - Lola Benvenutti - Madame du Barry - Maria Bolena - Maria Degolada - Maria Madalena - Mata Hari - Nancy Spungen - Sada Abe - Sally Salisbury - Sara Winter - Tati Neves - Tua irmã - Tua mãe - Valerie Solanas - Vanessa de Oliveira - Vanessa Ji-Paraná - Veronica Franco - Zahia Dehar