Beaman

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
PhotoJacksonMichaelThriller1.JPG Este artigo só pode ser coisa de MONSTROS!

Estrague este artigo que eles vão avançar e te comer! Nos dois sentidos!
Para não despertar a fúria deles, melhore este artigo, tá?

AGORA CORRE!!!

Cquote1.png Que diabos é isso? Cquote2.png
Qualquer um com vida social sobre Beaman

Cquote1.png É parecido com um macaco. Cquote2.png
Capitão óbvio sobre Beaman
Cquote1.png Tem algo a ver com Megaman? Cquote2.png
Nerd sobre Beaman
Cquote1.png Vejo esse bichos todo dia onde eu trabalho. Cquote2.png
Cientista sobre Beaman
Cquote1.png Homem Feijão. Cquote2.png
Google Tradutor sobre Beaman
Cquote1.png Morre capeta! Cquote2.png
Padre sobre Beaman

Um Beaman tentando te assustar.

Beaman é uma lenda desconhecida no Brasil, na verdade, uma lenda desconhecida no mundo inteiro, já que as únicas lendas que o pessoal conhece é o Saci Pererê e o Boi sem cabeça. O Beaman é, sem dúvida alguma, a lenda mais desconhecida do mundo, mais até do que o Homigabiru. Esse ser parecido com um macaco normalmente vive em cavernas por aí, mais especificamente na Africa, esperando por alguma pessoa passar por aí, sendo comida por ele nos dois sentidos.

Tá bem, eu não tenho idéia de quem é esse cara, mas qual a lenda dele?[editar]

Lá pra 2005, um menino chamado Juquinha foi buscar amoras para a mãe dele em uma floresta de Santa Catarina, passou-se 1 mês, e o Juquinha não voltou. Alguns pesquisadores foram na floresta para investigar o caso, já que o CSI tava ocupado com coisas mais importantes, e eles descobriram a roupa do Juquinha caída na frente da caverna. Nessa hora, um bicho com orelhas grandes e pinto mais grande ainda saiu da caverna, e estrupou e matou 3 dos pesquisadores, e só um deles conseguiu escapar, sendo que no processo ele perdeu a cueca e a unha do dedo mindinho dele.

O pesquisador que sobreviveu fez um depoimento em uma delegacia, e 50 policiais foram para a caverna matar o bicho. Só 10 voltaram, mas pra piorar, eles descobriram que existia mais de um Beaman pelo mundo, e que o próprio presidente da África era um deles. Foi então que um cientista chamado Mr porra nenhuma começou a pesquisar o objetivo do Beaman, e descobriu que eles são nada mais que aqueles macacos do filme O Planeta dos Macacos, e que em 2100 em uma dimensão distante, eles estarão governando o planeta Terra e fazendo o ser humano de escravo sexual deles.

Linguagem dos Beamans[editar]

A linguagem que esses pimpolhos chamados Beamans falam é bem diferente da nossa, e é uma mistura de um dialeto chinês com polonês e italiano. Para você que está com dúvidas do básico da língua deles, dê uma estudada a seguir:

  • Puts que pariust: Palavrão para ofender a mãe dos outros.
  • Vak ti foker: Palavrão para mandar alguém se foder.
  • Pêkis: O aparelho reprodutivo dos Beamans machos (Mas a espécie inteira não é homem?)
  • Dai un réul: Frase usada para mendigar na rua e pedir mesada.
  • Goitóisâ: Elogia para dizer que uma mulher é gata (E primeiro passo para o sexo)
  • Vor tí curmê: Frase para dizer que você tá pronto para trepar.

A Primeira e Segunda Guerra Beamana[editar]

Em 2008, ocorreu a primeira guerra Beamana, que foi entre a Antártica e a Antártida. A guerra aconteceu depois de uma festa que ocorreu entre os dois continentes, o problema foi que um Beaman cagou em cima do bolo da festa, deixando vários Beamans com raiva e fazendo eles entrar em guerra. No caso, o Beaman que cagou foi preso e estrupado por várias pessoas antes da guerra começar, como a Antártida tinha mais soldados e tinha recebido ajuda do Lula (Pra variar) eles ganharam, fizeram a Antártica chupar as bolas deles e todos os prisioneiros da guerra foram arrombados até a morte

A Segunda Guerra dos Beamans ocorreu em 2010, ela também é conhecida como a guerra do tira e põe. Tudo começou quando o Lula, todo feliz por ter ganho uma grana após ajudar os Beamans na última guerra, usou a grana para comprar uma arma e render uma rara Beaman mulher. Aí, ele estrupou ela até o cú dela explodir. Isso deixou o rei dos Beamans puto da vida, tanto que ele mandou mais de 8000 tropas para matar o Lula. Usando estilingues de papel, o Lula lutou contra as tropas e derrotou elas. O rei dos Beamans foi por isso conversar com o Lula, e descobriu que os dois eram gays. Eles foram trepar na cama e estão fazendo isso até hoje.

Ver também[editar]