Carbono

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Carbono
Carvão e diamante são carbono.jpg
Diamante num gang bang de carvão, suruba que só é possível graças à tetravalência do carbono
Símbolo, número C, 6
Série Vapor
Principal isótopo Carbono-14
Propriedades atômicas
Massa atômica 12 e alguma coisa u
Dureza 10 (se for diamante)
Nível de radioatividade Não possui
Nível de toxicidade Total
Propriedades físicas
Comestível? Só no Barbecue
Inalável? Só árvores
Posso passar na pele? Se quiser se pintar de preto
Onde encontrar Fezes
ponto de fudição Se nem a Wikipédia sabe...
ponto de rebuliço Se nem a Wikipédia sabe...
Coisas de quadrinhos
Probabilidade de te transformar num super-herói É mais fácil te asfixiar mesmo



Cquote1.png Carvão! Cquote2.png
Tiozão do Churrasco sobre Carbono
Cquote1.png Papel Carbono? Cquote2.png
Pobre sem conhecimento em química sobre Carbono
Cquote1.png Um diamante é um carvão que se saiu bem sob pressão Cquote2.png
Frase motivacional

Carbono é um elemento da tabela periódica, aquele que é tido como um dos elementos mais abundantes da crosta terrestre. Ele está presente nos grafites, nos diamantes, nos carvões de churrasco, nos papeis carbono e em todos os seres vivos. Tudo o que queima e vira carvão é feito de carbono, então nós, humanos, também somos feitos de carbono.

História[editar]

O carbono talvez o que seja mais inútil elemento químico do universo, afinal é o responsável pela criação de algo desnecessário e que os cientistas denominam como vida, essa coisa sem sentido que não deveria existir, como não existe em 99,999...999% do universo. Mas num certo planetinha desprezível, o carbono decidiu criar a tal vida, aparentemente com inveja do hidrogênio que cria estrelas, nebulosas e galáxias inteiras. Essa vida não sabe porque existe, nem porque se perpetua, e tudo culpa do carbono que esqueceu de dar significado à sua existência.

Por sorte, pessoas sensatas decidiram criar o Acordo de Paris em 2015, com o objetivo de exterminar o carbono da atmosfera terrestre, e assim por conseguinte exterminar a vida também. Primeiro sufocando as árvores que não podem fazer fotossíntese, depois os animais herbívoros e depois os animais carnívoros, transformando a Terra no que deveria ser desde o começo, um planeta pacífico sem carbono, como é o caso de Netuno por exemplo, em 500 milhões de anos nunca houve um assassinato em Netuno sequer, os benefícios de não existir carbono em sua atmosfera.

Características[editar]

O carbono é a base de toda química orgânica. Se o carbono fosse um personagem de mangá, ele seria uma daquelas protagonistas de hentai que é montada por 6 caras pauzudos ao mesmo tempo, sendo esses caras alguns hidrogênios. O carbono é então a bitch dos átomos, se alguém o ver por perto, já monta em cima e não desgruda fácil.

Outra caracteristica típica doc arbono é que ele, por ser um ametal, explode em contato com heavy metal.

Alotropia[editar]

Uma pessoa segurando outra pessoa, carbonizada. As diferenças de alotropia desse elemento.

O carbono é o elemento que possui propriedades mutantes, ou seja, alotropia, podendo se transformar em coisa cara como diamante, ou coisa barata como carvão, em coisa viva como você, ou em coia morta como o carvão. O carbono pode ser duro como a fibra de carbono, ou mole como o carvão. O carbono pode ser um excelente combustível como a gasolina, ou péssimo combustível como o carvão. O carbono pode ser um excelente frasco para armazenamento de líquidos como a garrafa PET, ou algo inútil para armazenar qualquer coisa como o carvão. Realmente o carvão é a mutação mais porca que o carbono pode fazer.

Por essa grande alotropia, é de senso comum que o carbono é a causa de todos problemas da humanidade, pois ele está na base da criação dos mais perigosos materiais já vistos, como violinos, frisbees, pistolas .38, pochetes de couro, plástico e diversos outros materiais inúteis. A destruição do mundo é feita através da queima de carbono. Por exemplo, um alótropo de carbono de 50 átomos forma o chocolate, grande causador de obesidade e diabetes, tal alótropo de carbono presente na corrente sanguínea causa sudorese e engordamento.

Um alótropo felizmente raro, é aquele conhecido como satanita, consiste em moléculas contendo 666 átomos de carbono. A satanita explode violentamente ao entrar em contato com qualquer coisa, e uma única molécula tem toxicidade suficiente para destruir toda a vida em um planeta em questão de segundos. Por sorte a satanita ocorre naturalmente apenas no centro dos buracos negros onde tem um pH de -666,666,666,666.6 recorrentes.

Combustão[editar]

Tudo o que é feito de carbono pode queimar e virar carvão, exceto duas coisas: diamantes, que são imbatíveis, e carvão, que já é carvão e queimado, então não faz diferença se queimar. Nós que somos feitos de carbono podemos virar churrasquinho também. Por isso quando algo queima, dizemos que ele foi carbonizado. Como somos feitos de carbono, talvez com um pouco de treinamento e sob a pressão correta possamos nos transformar em diamantes.

Isótopos mais comuns[editar]

  • Carbono-12 - Tem 6 nêutrons, é conhecido como o isótopo mais abundante do carbono, comumente encontrado em cocô de rato.
  • Carbono-13 - Tem 7 nêutrons, é conhecido como o isótopo mais azarado, considerado a causa da homossexualidade do Amin Kader.
  • Carbono-14 - Tem 8 nêutrons, é radioativo possuindo uma meia vida de cerca de 5.000 anos. É usado para induzir os cientistas a acreditar que o mundo é mais antigo do que realmente é.

Aplicações[editar]

Um dos principais usos do carbono é servir de frase motivacional para pessoas deprimidas, dizendo que carvão pode virar diamante sob pressão correta. Mas outras funções úteis incluem permitir que você viva e que as árvores façam fotossíntese.

Ver também[editar]