CÚba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ai concha de tu madre...
La concha de Fidel
Cuba pode fumar charuto e se vestir de verde oliva. Si usted sabes el aumentativo de Cuba, no respondas adelante, carajo!


"Condenadme, no importa, la Desciclopédia me absolverá."
Clique aqui para mais coisas cubanas..



Hammer and sickle.png
Este artigo foi aprovado pelo Conselho de Proteção à Moral da Família Soviética como sendo livre de conteúdo subversivo.



●República Socialista Soviética de Cuba (Nacan)
●Califado Soviético Fidelista da Grã-Flórida
●Cuba

Bandeira cuba.png Brasao cuba.png
Bandeira Brasão
Lema: "Semper fidelis a Fidel"
Hino: Guantanamera
Mapa de cuba.jpg
Capital Havaiana
Maior Cidade Guantánamo (inglês), Chê's City (em Castelhano) ou Tchê's City (em Gauchês)
Língua Espanhol, Portunhol e Rede Globês
Tipo de Governo Ditadura Comunista Cofrista Fidelista
Presidente Fidel Castro
Heróis Nacionais Che Guevara, Hugo Chávez e Fidel Castro (óbvio)
Independência 01/01/1959 do Tio Sam
Moeda CC$ (Charutos Cubanos)
Religião Castrismo
População 6.10²³ hab
Área 2424,24 Km² (51% de água)
Analfabetismo 137%
PIB per Capita -31.000.000 (devendo aos EUA) USD/hab.
IDH 0.33
Fuso Horário AZT + 1 (Acre's Zone Time)
Clima Muito Quente, principalmete nos discursos de Fidel
Site do Governo www.cia.gov [1]
Cquote1.pngVocê quis dizer: União Soviética portable?Cquote2.png
Google sobre Cuba

Cquote1.png Você traiu o movimento capitalista véio Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Cuba
Cquote1.png El gran LEGADO de Cuba es el voley! Cquote2.png
Fidel Castro sobre Cuba
Cquote1.png Na União Soviética, o charuto fuma VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Charutos cubanos
Cquote1.png Cê quer um charuto, meu filho? É havano! Cquote2.png
Coringa sobre Cuba
Cquote1.png Quero ver se Cuba Lança quero ver Cuba lançar Cquote2.png
Música de carnaval brasileiro sobre Cuba

Cuba já não é mais aquela. Os comunistas de lá não podem nem mais comer criancinha com batata.

Criancinha virou coisa de cantor afro-albino e até batata está difícil de arrumar por lá. Para quem matou as aulas de história, Cuba era nos anos 50 o que a Barra da Tijuca é hoje: sítio do Tio Sam, um antro cheio de putas, jogo ilegal, playboys com nada na cabeça e lascívia em todos os cantos. Com a ajuda do Che Guevara, cara da estampa da camisa de aspirantes a comunistas, tornou-se um ditadura em que todos vivem felizes. Lá não há desigualdades sociais como nos países onde há fast foods, visto que todos são pobres.

Tabela de conteúdo

[editar] História

[editar] Povos ameríndios

O povo nativo de Cuba antes da chegada dos europeus era uma avançada civilização de cyborgs comedores de arenques, mas muito pacíficos e sensíveis, morreram todos de pneumonia após a chegada dos pestilentos espanhois do mal.

[editar] Colonização

Michelangelo, esse capitalista papal, roubou a ideia da propaganda de suporte cubano à Hugo Chavéz!!!

Cristóvão Colombo foi o primeiro europeu a chegar em Cuba em 1492 durante suas férias no Caribe. Nomeou a ilha de Juana em homenagem à quantidade exagerada de marijuana, mas o nome não pegou porque a Jamaica era mais interessante nesse quesito. Colombo morreu pensando que Cuba era uma península da Jamaica.

Durante a colonização Cuba foi transformado num imenso canteiro de plantação de tabaco abandonado.

[editar] Independência

A Guerra de Independência Cubana em 1868 surge quando os cubanos insatisfeitos com o abandono dos espanhóis que preferiam estar no Peru, fato considerado o estopim da Guerra Hispano-Americana onde os americanos já no século XIX se achavam no direito de interferir no problema dos outros, e foi isso que fizeram ao ajudar no processo de independência de Cuba.

Com a derrota espanhola Cuba e Porto Rico viraram uma província dos Estados Unidos. Porto Rico é até hoje e por isso goza de uma grande desenvolvimento econômico e felicidade do povo.


[editar] Domínio ianque

Um cubano chega em Miami através de uma de sua modernas embarcações.

O Estados Unidos transformou Cuba num resort imenso repleto de puteiros, cassinos, jogo ilegal, prostitutas à luz do dia, rinhas de galo. Tudo que fosse ilegal no território continental dos Estados Unidos era liberado em Cuba, época de glória e desenvolvimento da ilha, na época que Cuba era um paraíso de lascívia. As estatísticas indicavam que havia um Cabaré em cada esquina e que havia mais de três mundanas para cada turista, as cenas de orgias a plena luz do dia eram uma visão do inferno. Mas, o gobierno castrista resolveu o problema: proibiu as estatísticas. As intenções de lúcifer de abrir uma filia em Cúba foram frustradas, o demo transferiu a matriz para a ilha maldita mesmo.

Um cubano rico

Um Drink foi inventado pelos soldados estadunidenses que serviu para elevar a moral cubana nos combates, cuja preparação da bebida era feita com rum e o limão num copo tipo "highball" com gelo e bem mexido completado com o refrigerante de cola, decorado com uma rodela de limão e servida com um canudo e uma bandeira de Cuba.

[editar] Revolução cubana

Toda a prosperidade cubano começou a acabar no ano de 1956. Naquele fatídico ano para Che Que vara! e Fidel Castrado, Cuba estava sendo assolada por uma brutal escassez de limões, e ele e seus amigos de faculdade não conseguiam tomar sua bebida favorita, o "Rum com Limonada". Essa situação ameaçadora fez com que os cubanos se revoltassem contra o governo e causassem a Revolução Cubana, também conhecida como Revolução de 56, aonde após heroicos combates eles tomam o poder.

Com isso Fidel Castro passa a ser "El Presidente" de Cuba e Antígua e Barbuda, Ministro da Defesa, Ministro da Fazenda, Ministro da Saúde, Ministro dos Esportes, Ministro dos Ministros e Ditador. Juntos Che e Fidel expulsaram de Cuba diversas empresas estrangeiras como a Coca Cola Corporation, a Microsoft Tropical Fruits, a Microsoft Wood and Forests|Microsoft Wood & Forests, a Microsoft Tobacco, a Google Inc., e a McDonald's, com o objetivo de trazer o atraso financeiro para a ilha, e decidiram comemorar esse fato tomando o seu drink favorito, o "Rum com Limonada".

Infelizmente a revolução ainda não havia resolvido o problema da falta de limões e tal drink não era possível de ser feito. É nesse momento que Fidel Castro tem a ideia genial de misturar seu Rum com a Coca Cola que Che Guevara acabara de libertar da fábrica recém expulsa. Essa bebida passaria a se chamar de "Cuba Libre", fazendo com que a questão dos limões se tornasse um assunto de pouca importância, e libertando Cuba da opressão da falta de limões e proporcionando drinks de qualidade a todos os cubanos.

[editar] Cuba comunista

A queda do comunismo.

Entretanto devido a falta de limões, Fidel e seus amigos se encontraram num mato sem cachorro e tiveram que virar camaradas dos camaradas, o que não era a ideia original, mas para os cubanos fugir dos americanos valia qualquer coisa, até vender a alma pro diabo. Os comunistas sustentavam a ilha do Papai Fidel.

Os soviéticos deram recursos para educar subversivamente aquele povinho bunda (que é bem parecido com o brasileiro), armaram um time de vôlei legal para fazer bonito nas olimpíadas e ainda colocaram umas fábricas por lá (porque ninguém vai para frente sem fazer fumaça, o que nos leva ao Paradoxo da Jamaica, mas este é outro assunto).

Em 1962 a verdadeira intenção soviética de adotar Cuba surge com a crise dos mísseis cubanos quando a União Soviética mandou instalar bombas nucleares na ilha. Neste que foi o momento mais dramático da Guerra Fria, os Estados Unidos passaram a explodir qualquer balsa que chegasse em Miami, mas como a URSS estava falida, desistiu de Cuba.

Um belo dia o sonho acabou, a União Soviética foi para o saco, abandonou Cuba na merda, e o Papai Fidel ficou com um charuto na frente e outro atrás. Hoje, Fidel culpa toda a desgraça típica do comunismo pelo imperialismo dos EUA.

[editar] Cuba Lançando

Fidel Castro Quando falam em liberdade...

Cuba parou no tempo e atualmente parece que ainda está em 1952, os livros de geografia daquele país ainda mostram União Soviética e Iugoslávia nos mapas. Papai Fidel já está velho mas não é otário. O cara percebeu que tinha uma mina de ouro na mão, a indústria do século XXI, o turismo.

Os miseráveis (literalmente!) cubanos sonham com a liberdade de seu país, o quê significa a morte de Fidel Castro, seus irmãos e filhos, e o nascimento do capitalismo, sistema que, paradoxalmente, vai proporcionar melhor qualidade de vida para a parte da população que conseguir ficar rica.

Porém, este sonho de liberdade só não é possível por conta do embargo econômico imposto pelos EUA, que faz com que a Coca-Cola (Ou Pepsi...) não seja comercializada no país, impossibilitando o preparo do delicioso drink à base de Rum e meio limão.

[editar] Subdivisões


[editar] Economia

O moderno transporte público cubano.

Cuba só possui um produto de exportação: Camisetas com a foto do Che Guevara com aquela boina estilosa. Esse produto simpático e de fácil saída se espalhou pelo mundo, ocupando os armários dos teens revolts que têm o estranho fetiche de levar pau da polícia.

Atualmente, a economia de Cuba se baseia na venda de cigarro de maconha anglo-chines. Agora você deve estar se perguntando: o que estes cigarros tem de especial. Os cigarros anglo-chineses se diferenciam dos outros pela capacidade de serem acendidos assim que entram em contato com a bunda de uma gazela cubana, ou seja, e só você enfiar o treco na bunda e acende. Sua economia também se baseia na exportação de vibradores para todo o mundo, principalmente para os hermanos argentinos, quando sobre pois a venda interna no país é gigantesca e a produção às vezes é insuficiente para atender a demanda.

[editar] Cultura

Típico cubano bem sucedido.

O Big Brother Cuba é a grande atração da família cubana, o BBB cubano possui regras peculiares e próprias, lá quem escolhe quem vai para o paredão é o Comandante Fidel, o Comitê Central do PCC Partido Comunista Cubano escolhe qual dos dois irá para o paredão (de fuzilamento) porque essa história de deixar o povo escolher é muito perigosa vai que o povo se anima e começa a achar que tem o direito de escolher seus governantes.

O vencedor ganha o prêmio dos sonhos de qualquer cubano: uma passagem só de ida para Miami.

[editar] Esportes

Já reparou que Cuba tem um bom desempenho em esportes terrestres onde você precisa correr, pular, lutar, etc e um fraco desempenho em esportes aquáticos como natação. A explicação para esse fenômeno é bem simples: todos os cubanos que sabem nadar já fugiram a nado até Miami. E esses são mesmo os melhores! Os restantes foram comidos pelos tubarões. A pratica da natação foi proibida por Fidel para proteger os seus filhos da maldição do capitalismo. Sendo assim, isso é daquelas práticas do que os cubanos nem sabem que existe.

[editar] Turismo

Mas que cubana!

Mas se engana quem pensa que os atributos naturais de Cuba são os verdadeiros apelos pros turistas, pois praia e sol rola no Caribe inteiro, uma porrada de ilhas, umas têm até cassino e fliperama coisa que Cuba não tem. O verdadeiro atributo de Cuba é a badalhoca do comunismo que ainda resiste naquele pedacinho de terra cercado de balsas por todos os lados. Cuba é o local certo para aquele monte de teens revoltados passarem as férias.

Agora eles cresceram e estão cheios de grana para gastar. Em Cuba, turistas deslumbrados podem circular em meio a população comunista local em seu habitat natural (ao contrário de outros lugares do mundo, o­nde comunas só podem ser vistos em jaulas). Papai Fidel é dono do maior Simba Safari do mundo. A viagem é pitoresca e educativa. Há um vídeo um casal de argentinos circulando pela cidade em um carro dos anos 50. Ao pararem no sinal e abrirem o vidro um monte de criancinhas se pendurou para arrumar umas moedinhas. Igual a qualquer safari no mundo, só que lá os bichos só pedem amendoim.

Alugar um automóvel é a opção mais chique, você também pode andar naqueles taxi-bicicletas, o­nde um espécime local faz o papel de motor e te leva para todos os lugares. A cenoura amarrada na ponta da vara de pescar para fazer o infeliz andar mais rápido é dispensável. Cuba também conta com um incrível programa de preservação ambiental. Piranhas, que em nossos rios estão morrendo devido a contaminação por mercúrio, proliferam livremente nas praias da ilha, com fome de verdinhas.

[editar] Exército

Atualmente, o exército cubano conta com um dos melhores métodos de treinamento para atiradores de elite. Todos os dias, os atiradores desse exército treinam pontaria, usando como alvo latinhas de Coca Cola, embalagens de Big Mac, retratos de Dwight D. Eisenhower e Bill Clinton, ou qualquer outra coisa que esteja relacionada aos Estados Unidos.

Flag-map Cuba.png Cuba
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografiaEconomiaCulturaTurismo
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas