Desnotícias:Cansado de bater nos La Coruñas da Espanha, Cristiano se muda para a Itália em busca de Chievos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Volta logo pra São Paulo / Ou eu vou pra MADRID, España

Projeção de Cristiano comemorando seu quarto gol na goleada contra o resquício do que restou do resto das sobras do Milan, um jogo que uma década atrás era um clássico italiano.

O homem, quando chega aos 40, tende a procurar uma esposa que parirá seus filhos, uma casa longe do aglomerado urbano e claro, uma profissão que difira daquela que passara uma parte de sua vida e que de preferência venha a se tornar um hobby.

Com Cristiano Ronaldo não foi diferente e ele começou a planejar sua aposentadoria de trás para frente, começando pela profissão/hobby que terá a partir de agora até momentos antes de sua morte, passando a atuar como animador de torcida da Juventus e nas horas vagas, jogar algumas partidinhas da Liga dos Campeões sem aquela obrigação de ganhar que ele tinha quando atuava pelo time da lambada merengue.

O anúncio da saída do melhor de todos os tempos sem uma mísera Copa foi feito hoje à tarde pelo, agora ex-time, Real Madrid. Na carta que não nos convém trans-digitar aqui, o clube escreveu aquela mesma baboseira que escreve para qualquer um que pede demissão de uma empresa: que foi bom conviver com o ele, que foi bom vê-lo marcar contra os Eibars e Albacetes da vida, que não sentirá saudades por ter um meio campo formado por Modric/Casemiro/Kross, bla-bla-blá. Enquanto os madrilenhos lamentavam um pouco, os torcedores da Vecchia y porca signora comemoravam como se fosse um título europeu, pois apesar da lavagem de dinheiro e compra de títulos domésticos, o time não ganha nem campeonato de par ou ímpar fora da Itália.

Aos amantes do esporte, cabe atualizar os Bomba Patches da vida, alterando o time e o Overall do Jogador, reduzindo o segundo item para -80. Enquanto isso, sem precisar mostrar futebol nenhum, Messi vai encaminhando sua septuagésima nona bola de ouro.

Para a lenda construída em torno do jogador, a transferência não é ruim, pelo contrário, só melhora. Sem um rival de peso (Milan†2013; Inter†201?), o jogador fica mais próximo de alcançar Thomas Edison Arantes do Nascimento e principalmente, enTulio do Bota de 1995 e entrando na seleta lista de Supremos Artilheiros dos Gols Marcados Contra Times de Casados vs. Solteiros, Churrasco de Fim de Semana, Festa da Firma, Partida entre os Amigos dos Amigos e Amistosos Beneficentes, já que terá pela frente Torino, Udinese, Milan, Parma e outros saquinhos que precisariam endurecer um pouco mais para se tornarem saco de pancadas.



Fontes[editar]