Desnotícias:Croáciant vence Niggeria por 2x0

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

FIFA WORLD CUP 2018.png Esta desnotícia é parte do projeto DesCopa Russia. Na Rússia, a Copa se informa sobre VOCÊ!

KALININGRADO, Mother Russia

Para fechar com chave de merda o primeiro dia do primeiro foda-se FDS da Copa do Mundo, os fregueses do Brasil terminaram os fregueses da Argentina com 2x0. Um jogo bastante truncado, marcado por muita correria, agitação e sofrimento de ambos os lados. Sofrimento esse que só não foi maior que o de quem expôs suas pupilas a essa aberração medonha por incríveis 90 minutos e depois teve que colocar colírio para não ficar com a vista ressecada, como é o caso deste que vos fala...

Primeiro tempo[editar]

Reação de um cidadão normal ao assistir o jogo

A Croácia abriu o placar no primeiro tempo, com um gol de cabeça de Mario Mandioquinha. Poucos sabem, mas foi com esse gol que ele tornou-se especialista em fazer gols em times africanos na fase de grupos. Já são 3 gols em duas oportunidades. Entretanto, como o pessoal de vídeo é tudo um bando de filho da puta, resolveram dar gol contra só porque no meio do caminho a bola desviou num zagueiro desavisado, ignorando assim a famosa regra de pelada de que o gol é de quem chuta e tem a intenção de marcar, não de quem a bola acerta no caminho.

Segundo tempo[editar]

Passados 45 minutos, a Croácia começou utilizando o esquema tático de útero de puta: leva porrada até não poder mais e, na primeira chance de ouro, abre com tudo. Uma estratégia de encher os olhos do comandante da seleção canarinho, saudoso Adenor e também de seu primeiro adversário neste campeonato. Foi assim até mais menos uns 20 minutos de jogo, quando os croatas perceberam que não fazia sentido se fechar contra um time que não oferecia perigo, e resolveram partir pra cima. A partir daí, o jogo funcionou no seguinte esquema: ataque da Croácia mal-sucedido, Nigéria tenta ir pra frente na doida, perde a bola, dá porrada em um adversário qualquer e acaba com o ritmo ofensivo. E repete. Estava tão chato que o árbitro brazuca Sandro Meira Ricci[1] deu um pênalti para a Croácia na tentativa de animar as coisas. Mas nem isso acabou com o clima de velório da partida, que acabou em 2x0.

Destaques[editar]

O destaque do jogo da Croácia foi, como sempre, Luka Modric, craque da seleção croata desde os tempos em que eu ainda tava no fundamental, autor do gol de pênalti. Pelo lado nigeriano, brilhou o menino Iwobi e sua atuação de dar inveja a muito bombeiro por aí.

A seguir[editar]

A Croácia agora se prepara para enfrentar a Islândia, esperançosa na tentativa de enfim poder avançar para as oitavas, já que não caiu no mesmo grupo que o Brasil. A Nigéria vai cumprir seu papel de perder para a Argentina, como de praxe.



Fontes[editar]

Notas[editar]

  1. Uma escolha que causou controvérsias por parte dos nigerianos, pois acreditavam que seu nome verdadeiro era "Sandro Meira Rić", escrevendo-se como se pronuncia, o que denunciava sua ascendência croata derivada de uma ida de seu tio-avô a um bordel mal-afamado de Zagreb, e por causa disso, uma simpatia pelos europeus.