Desnotícias:Morre José Carlos Lippi, por achar que a vida tava uma porra

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

TERESÓPOLIS, Brasil

Cquote1.svg Sou obrigado a falar que essa vida aqui tava uma porra. Cquote2.svg

Cquote1.svg Eu tô de saco cheio disso aqui... Viver e não poder comentar? Eu não preciso disso aqui Cquote2.svg
Últimos momentos de José Carlos Lippi

Na manhã deste sábado, 5 de setembro de 2020, morreu José Carlos Lippi, que após ficar 105% putaço e estressado com apresentadores esportivos que não deixam que ele dê o seu pitaco, disse que não precisava disso aqui, e se retirou da vida através de um infarto. José Carlos Lippi foi parar no paraíso dos memes, onde aproveitará o pós-vida ao lado de Jailson Mendes e de JC, o parceiro do pivete, sendo obrigado a falar o quanto os machos virgens e as tampas estão uma porra.

Falecendo aos 76 anos, José Carlos Lippi dedicou sua vida inteira ao esporte, especializando-se em comentar sobre as principais competições esportivas nacionais, como o Campeonato Municipal Carioca e o Campeonato Brasileiro de Porrinha. A única coisa que José Carlos Lippi não conseguiu em sua carreira foi dar o seu pitaco sobre a fala do Pipoca, nem sobre a fala do Mário Silva, nem sobre a fala daquela moça... nem sobre a fala do secretário de esportes.

José Carlos Lippi deixa 6 filhos, mostrando que em sua vida o que não faltou foi porra mesmo.

Fontes[editar]

  • A fonte era o Diário de Teresópolis, mas eles tiraram a página do ar durante a redação desta desnotícia por motivos misteriosos, e agora a única fonte é um vídeo cagado do YouTube. Esperamos com isso que José Carlos Lippi seja mais um com Síndrome de Gabiru, que morreu, mas passa bem.
Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram