Desnotícias:Nem o Espaço Schengen fez com que a Inglaterra entrasse direito no campo belga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

FIFA WORLD CUP 2018.png Esta desnotícia é parte do projeto DesCopa Russia. Na Rússia, a Copa se informa sobre VOCÊ!

SÃO PÃO DE HAMBÚRGUER, Prússia sem P - Estádio São Pão de Hambúrguer

Bélgica e Inglaterra disputaram a disputa pelo terceiro lugar, e por ser uma disputa do terceiro lugar, todos os torcedores já estavam cientes que eles não iriam ganhar a Copa, ou pelo menos é isso o que se espera. Portanto, na prática, o jogo não passou de uma espécie de "amigos do Harry Kane X amigos do Hazard", podendo os torcedores adquirir sua entrada para essa partida beneficente com a entrega de 1 quilo de alimento não perecível.

Embora ambas equipes estivessem cientes de que não iriam ganhar a Copa de jeito nenhum, o jogo do terceiro lugar (que é sempre o mais entediante) teve boas jogadas dessa vez, pois se não tivesse, eu nem teria escrito essa notícia...

Primeiro tempo[editar]

Jogador da Bélgica praticando salto a distância na comemoração

Mal começou o jogo, mais precisamente aos 3 minutos, e a Béééélgica já marca um golaço na seleção do chá das oito. A Inglaterra mal acordou e não teve tempo nem de tirar a remela do olho porque a Bélgica marcou um gol por cima de seus narizes. E como todo jogo em que um time já marca um gol de primeira, a partida ficou um tédio mortífero, sem quase nenhuma jogada interessante, só os ingleses tentando recuperar a cagada que acabou de acontecer na frente deles. Agora a rainha Elizabeth não vai ver a Inglaterra ficar nem em terceira em Copa alguma...

Não demorou muito (mentira, uns 9 minutos) e a Bélgica tentou mais um gol: dessa vez foi falho, mas foi por um triz. Porém, contudo, todavia, a Inglaterra dá uma de Sonic, faz uma carreirinha no campo, e quando estava prestes a marcar um gol, a Bélgica barra a Inglaterra, e começa a rolar uma suruba pesada no meio do estádio. E essa suruba impediu que os cavaleiros templários fizessem um gol. Resumindo: um gol e mais um bolo de porra nenhuma e tentativas falhas da Inglaterra fazer um gol, entende UM GOL, é só um...

Segundo tempo[editar]

Se o primeiro tempo foi essa desgraceira, o segundo foi tão entediante que 50% dele já foi deletado da minha memória. Porém, nele ocorreu várias coisas, como por exemplo... A Inglaterra (ou seria a Bélgica?) tenta fazer um gol, porém é derrubada e é só isso mesmo que me lembro, fail... Também tem a quase-quase-quase tentativa de gol da Inglaterra, que surpreendentemente um jogador genérico da Bélgica consegue zagar a bola, e mandar direto pra casa do caixa prego. Na verdade ela foi parar a uns 10 metros de distância do cara...

E é claro, o mais importante: outro gol da Bélgica, que matou de vez a chance da Inglaterra de ganhar, ou ao menos marcar um gol no jogo. Além disso teve um acréscimo de três minutos super bizarro, pois fica meio inútil botar isso no meio de uma disputa para o terceiro lugar. Graças a Deus não houve prorrogação, e por causa disso posso terminar essa notícia agorinha mesmo (mentira ainda tenho que achar umas imagens...).

Ao contrário da Croácia, a Inglaterra não conseguiu virar o jogo, pois se tivesse capacidade de virar um jogo, não estaria jogando isso aqui, mas sim jogando uma final. A Inglaterra se despede da Copa com duas derrotas, o mesmo número de derrotas da Tunísia e Arábia Saudita, enquanto a Bélgica encerra sua participação sem ser campeã mais uma vez, como sempre.


Fontes[editar]