Dragon Girl

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dragão europeu.jpg Este artigo é sobre um dragão!

Isso quer dizer que ele pode ser malvado e capturar princesas, ou ter um corpo alongado e bigodes. Se vandalizar este artigo, um dragão vai comer você.

João Dragão.jpg
Cquote1.png Você quis dizer: Scales femininos Cquote2.png
Google sobre Dragon Girl
Dragon Girl pronta para torturar mais um pobre coitado em seu calabouço

Dragon Girl (língua japonesa: ryumimi) é mais um tipo bizarro de personagem que caiu nas graças do não menos bizarro público japonês, que obviamente deu um jeito de torná-la parte do seu infinito acervo hentai.

Origens[editar]

Como todo mundo já sabe, os japoneses possuem fortes tendências furry e para eles, é perfeitamente normal ficar exitado ao ver uma gatinha persa ou uma cadelinha poodle andando por aí. Essas taras bizarras por animais deram origem a um fetiche chamado kemonomimi, que consiste em personagens de anime híbridas com gato, cachorro, coelho, raposa, vaca, pokémon e qualquer outro bicho considerado fofinho.

Com o passar do tempo, alguns tarados foram enjoando das kemonomimis tradicionais, e começaram a desenvolver fantasias sexuais mesclando mulheres com seres inexistentes, o que inclui dragões. Como um dragão não é kawaii o suficiente para ser integrado ao conjunto kemonomimi, foi criada uma categoria à parte para designar a nova aberração.

Características[editar]

Se fosse no Brasil, uma Dragon Girl seria o mesmo que uma baranga, mas como trata-se da visão privilegiada que só existe no Japão, ela é uma criatura sexy igual a qualquer outra Hentai Girl.

Dragon Girl dançando em uma balada na Terra Média.

Fisicamente, sua aparência continua sendo a de uma mulher gostosa, mas com alguns complementos especiais, como asas enormes que parecem de morcego, orelhas pontudas como as de um elfo, dentes levemente afiados e salientes como os de um vampiro, um longo rabo maior que o da Cléo Cadillac e ainda pequenos chifres ao estilo Lum Invader. Só isso. No mais, é uma pessoa normal.

Muitas vezes, devido à semelhança entre suas características físicas, a Dragon Girl pode vir a ser confundida com uma Demon Girl, algo que ela odeia que aconteça. Portanto, tome muito cuidado! Em caso de extrema dúvida, recorra ao teste do bafômetro: a Dragon Girl está sempre com a boca cheirando a enxofre, já que pode cuspir fogo.

Nas histórias[editar]

Dragon Girls podem ser facilmente confundidas com sucubus (a diferença está no rabo).

Dragon Girl é a personagem ideal para ser colocada em hentais com temática medieval e RPGista, embora sejam muito pouco usadas porque um boquete delas pode causar sérios estragos e transformar o pênis de qualquer um em linguiça defumada para churrasco.

A única Dragon Girl que já teve algum destaque foi essa nas fotos principais do artigo, que se chama Mink e é protagonista de um anime chamado Dragon Half, que para sua infelicidade, não é hentai.

Dragon Girls famosas[editar]

Com o aumento de reconhecimento as minorias, outras Dragon Girls alem de Mink começaram a ganhar destaque na mídia (mesmo que minísculo). Veja algumas a seguir:

  • Saphira - Aquela da historinha do Eragon, que inclusive chegou a ter varias experiências sexuais com seu amo humano;
  • Cynder - Putinha do jogo Spyro que tenta bancar a "sábia" na turma dos bonzinhos;
  • Princesa Luna - Uma do universo esquisito dos animes. Essa aqui diferente das anteriores chegou a protagonisar sua própria história intitulada GetulhoLuna Varga;
  • Berry - Uma dos poucos dragões femininos da websérie-fanfic-furry-brazuca XDragoon;
  • Tooru - Empregadinha principal do anime Kobayashi-san Chi no Maid Dragon, que vive querendo matar qualquer promiscua que tente perder a virgindade com seu mestre;
  • Eca - Expressão de nojo Uma loli-tsundere por quem todos que assistiram Seikoku no Dragonar ficaram pagando pau;
  • Sash Lilac - Protagonista do Freedom Planet que todo mundo diz que é a última dragon girl que restou no mundo (embora nem de longe se pareça com um dragão);

Galeria[editar]