Dercyclopédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


Bem-vindo(a) à Dercyclopédia

A bosta da enciclopédia de merda livre de qualquer porra de conteúdo de bosta que qualquer filho da puta pode editar.

58 326 merdas escritas · 195 169 fotos da perereca da vizinha

Ajuda

Encoxada

PQP, não pergunta, caralho!

Pau na mesa

Teatro

Contribuir

A bosta do artigo desse mês
A síndrome de todos os Otakus

Otakus (abreviado do japonês 陰茎が短い者) são pessoas gordas, rosadas, cheias de espinhas na cara (às vezes no corpo todo) e que vivem num mundo paralelo resumido em mangás, animes, traidores do movimento punk e outras japonices. Geralmente ficam imitando seres estranhos encontrados em animes e mangás, como o famoso Deus Mokona.

Otakus não vêem o que a vida tem a lhes oferecer de melhor, e normalmente não possuem amigos nem namoradas (desde que não sejam outros Otakus). Pudera: não saem de casa e ficam na frente de seus computadores e/ou televisões todo o tempo, assistindo a animes tanto na TV quanto na frente do computador (e, por causa disso, a palavra "Otaku" acabou evoluindo recentemente para uma gíria que significa orkut).

Pelo motivo de não terem uma vida social e serem discriminados na sociedade, Otakus se libertam em algumas reuniões chamadas de "hospício", onde podem exibir todos os seus dotes, tangíveis ou não, como sempre sonham, mas não têm coragem para fazê-lo em outras ocasiões. Alguns só se referem a si mesmos na terceira pessoa (OtaCU-chan extah feliz).

Alguns desses seres acham que estão vivendo dentro de um mundo fantástico. Muito comum achar alguns que dão personalidades e nomes diferentes aos sentimentos, fingindo ser duas ou mais pessoas diferentes (comportamento esse que os Emos roubaram), bem como fluentes em Otakês (do qual se derivou o Miguxês).

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Putas que foderam as merdas que aconteceram desde a ultima vez que a sua mãe trepou com um gorila viado


A bosta do dia de hoje da merda de todos os cornudos chifrões é...


Falando nisso, seu corno filho da puta cagão que nao sabe porra nenhuma,sabia que a sua mãe tá dando o cu pra todo mundo e que quem escreveu também está


Imagens da porra
 
Que porra é essa?
Dercygonçalves.jpg
Bem vindo porra nenhuma! Vai te foder! Aqui é uma (des)enciclopédia mantida por um bando de corno que fica apagando o que eu escrevo. A Desciclopédia é um site de humor merda e quem leva essa porra a sério merece ir à merda também. Todas as porcarias que tem aqui convergem para uma desgraça: ser engraçado e não só um besta! É uma coisa do caralho, mas que dá numa porra diferente. Quer dizer que, no âmbito da Desciclopédia, só pode valer alguma merda as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, porra de sentido algum tentar defender essas pragas de méritos morais ou artísticos de algo que você adora chupar (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenham sido sacaneados num artigo da Desciclopédia. E antes que me esqueça, vai pra puta que te pariu com essas merdas aí.


Ainda quer participar? Caralho ein...
Filho da puta é quem lê essa porra que nem eu, caralho de bosta voadora. Dentre as porras de diversas páginas de ajuda por aí, estão as que explicam como criar um tolete de artigo, editar uma desgraça de artigo ou meter uma caralha duma imagem. Se tem dúvidas, pergunte de uma vez e mostre a rola da sua apnião.


Comunhão dos cornos
A comunidade é igual um pinto, crescendo dia após dia. Porém, precisamos de mais filhos da puta para podermos ampliar o número de merdas escritas em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar a bosta que já existe.


Projetos irmãos o caralho, porra!
A Desciclopédia existe graças a uma entidade arrombada chamada Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo merda:


Lista completaComeçar uma nova edição


__