Dumbo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Noiado, mas ainda assim, menos imbecil do que o Waltinho.

Dumbo(tambem conhecido como maconha,ou Eduardo Luiz) saiu da cabeça do Walt, em um dia que ele queria muito dar a bunda, mas não deu, e por isso teve mais um de seus ataques de infantilismo, pensou em algo que só poderia sair de uma criatividade de Q.I. inferior a 30 e, juntou mais algumas carências afetivas... O que resultou de tudo isso? Um elefantinho com orelhas gigantes e que voa com elas... Preciso dar mais alguma prévia do que estava se passando na cabeça do lesado?

Nascimento difícil do elefante[editar]

Dumbo deprimido por não conseguir parar de escutar o que não quer.

Disney olhou para sua própria pança e se inspirou para fazer o elefante, já seus braços finos e pelancudos serviram para fazer as orelhas/asas do Dumbete, apenas porque Disney viu as pelanquinhas sacudindo. O restante para formar o elefantinho emo foi a mesma receitinha que Walt sempre usava: O personagem principal é a vítima e 100% vítima, tem inimigos desde o nascimento, tem os olhinhos azuis que Disney não dispensa, não simplesmente por preferência, mas porque ele tem nojo de qualquer outra cor de íris. Dumbo é meio retardado e tem sempre que ser defendido pela mamãe, mas ela também é muito fraca das ideias e tem aquele olharzinho dócil. Os ajudantes de Dumbo são aqueles que não têm mais nada pra fazer e por isso o auxiliam, não tanto por boa vontade, mas apenas porque os vadios precisam cumprir alguma função na vidinha... Adivinhe: O principal dos amigões de Dumbo é um rato.

Mãe do Dumbo tentando explicar porque ele não deve ceder a rosca, como fazia seu pai verdadeiro, Disney.

Tudo tem início (e fim) na infância do Dumbete e quase o desenho todo não sai disso. Só o nome escolhido já seria de se sair correndo, foi o som que o Waltinho deve ter ouvido ao broxar pela décima vez seguida e sua esposa mandou u a mão em seu ouvido, mas a broxada, nem foi pela idade, mas sim porque estava cada vez mais com a cabeça no lado pútrido do infantilismo, nem preciso explicar do que se trata. Se acha que algum pedagogo ou simplesmente educador, que se preze recomendaria essa joça de Dumbo como algo em que seus alunos pudessem se espelhar ou aprender algo, passou longe, a não ser que esse educador estivesse bêbado ou algo assim. A vida do Dumbo é mais sem graça que a do Bambi, que já é bem sem graça. Se quiser deixar um pequeno ser humano em formação mais imbecil do que já é possível, deixe que veja esse tipinho de desenho, mais precisamente Dumbo. Acham Walt Disney criativo por coisas ridículas assim, mas depois que ele morreu é que os desenhos produzidos melhoraram, mas a receitinha dele ainda encolhe em muito a criatividade e o potencial dos animadores novos, pois o Dumbo deve perder o controle do vôo e cair sobre a cabeça de todo mundo nos estúdios, ainda assim conseguem se rmelhores que o infeliz do Dumbo que é o Waltinho.

Vôo interrompido[editar]

Dumbo pedindo desculpa por existir.
Se tomasse banho antes do vôo, não teria esse problema.

Dumbo não cresceu muito durante o desenho pois se faria uma segunda parte dele, cheio das mesmas idiotices manjadas e fáceis da cabeça muito criativas do Waltinho, mas felizmente foi dos desenhos de menos sucesso dele, mas como fez sucesso assim mesmo, mostrou a consideração que Disney tinha pelos fãs de suas asneiras: Apenas porque não fez o sucesso esperado, ele não fez a continuação e até hoje, o Dumbete está voando sem saber para ondem, talvez tenha voltado para a puta que o pariu e continuado a lutar contra seus terríveis inimigos, incluindo uma elefanta obesa(???) e mole. Disney foi castigado, depois de fazer esse desenho, com pesadelos em que ele era a mamãe do Dumbo e o paria, justamente porque Dumbo teve que voltar pra puta que pariu. Disney não acordou tão cedo, ficando nisso por cerca de oito horas, que valeram por dias. Mas nem de longe pagou outra porcaria feita por esse ilustre desenhista.

Nem tenho mais detalhes, pois saí para cagar e me lavar respirar um arzinho fresco e não parei o vídeo, mas quando eu voltei estava a mesma porcaria do início, saí novamente e no fim estava a mesma coisa, não me peça detalhes, mas só digo que se for ver a tendência é se arrepender nos primeiros minutos. Se recomendar a quem é mais pirralho que você, saiba que ficará atormentado com a maldição do elefante orelhudo e terá os mesmos pesadelos que o Walt Disney teve, você quem sabe.


v d e h