Fortaleza dos Valos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Estádio em perfeitas condições de Fortaleza dos Valos (aposto que nem tem estádio por lá...)
Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Fortaleza dos Valos.
Cquote1.png Virem humanos para nós dominarmos o universo! MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png

Fortaleza dos Valos era antigamente um distrito. Foi planejada para ser um distrito e nascer e acabar como um distrito, sempre dependendo de outra cidade mais miserável que ela, vulgo chamada de Cruz Alta.

A cidade[editar]

Sabe-se muito pouco de Fortaleza dos Valos, ainda mais pelo seu nome bastante exótico e também por ser uma cidade de pouco destaque. As chances de você saber onde ela está no mapa do estado do Rio Grande do Sul são de 1 em 10000. Se for no mapa-mundi é de 1 em 1000000! Por isso, não se deve saber ode a maldita cidade fica pois será como abrir uma caixa de Pandora e ver tudo que tem na região... Matagal alto, Micos-leões-de-cara-dourada que comem pessoas e cocôs que falam. Não! Espere! Os cocôs que falam são os próprios habitantes.

Cquote1.png Ah! Então nem é tão ruim assim... Cquote2.png
Você sobre sua falsa impressão

História[editar]

Supostamente a cidade foi fundada pelos deuses astronautas que acabaram deixando uma missão as pessoas de lá:

Cquote1.png Tentem virar humanos para assim podermos mais tarde se apossar de seus corpos físicos e dominar o Universo! Cquote2.png
Deuses astronautas sobre sua proposta

Então, os deuses astronautas partiram e ficaram apenas os escolhidos para agirem como humanos. Tudo que eles deveriam fazer era fingir serem membros da sociedade e assim se tornarem humanos. Porém, nunca conseguiram fazer tal feito pois qualquer pessoa que vive em uma cidade que fede e que não tem nenhum tipo de entretenimento ou pornografia certamente não é desse planeta. Talvez seja de lugar nenhum!

Economia[editar]

Básica: a cidade planta batata e encomenda para os Descíclopes poderem se alimentar delas e viverem sua vida de forma saudável. Obviamente, a economia da cidade não passa disso, pois se eles produzissem outra coisa certamente diriam que era ilegal e as cidades maiores tirariam os produtos deles no maior estilo paga-lanche de ser.

Atualmente[editar]

A cidade continua tentando se transformar em humanos, mas o fato de viverem no meio do mato fez eles verem tudo de uma maneira fria e racionalista, fazendo com que pareçam mais extraterrestres que humanos.

Ver também[editar]