Guerra dos Emboabas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Eu sou despeitado com eles por que não tenho nem calçado e ando descalço - sou um proletário típico da mizerável Piratininga enquanto esses nordestinos só tem cidade e vila rica tipo Olinda e Salvador! Cquote2.png
Paulista sobre Emboabas

Cquote1.png Amiguxu! Cquote2.png
Paulixo Emo sobre Emboaba

Cquote1.png Que merda, a gente nem sabe falar portugês ainda (só iremos aprender em 1800) e esses nordestinos liderados por outro nordestino já vieram nos fuder em pleno início do século XVIII? Cquote2.png
Paulixo sobre Emboaba

Cquote1.png Vc ainda não viu nada, vc´s ainda vão ser derrotados em 32 e vamos destruir a decadente Piratininga depois que os sicilianos não se sentirem mais atraídos a emigrar pra esse esgoto! Cquote2.png
Emboaba luso-nordestino sobre Paulixo

Cquote1.png Ai que cacete, nada estou a entender nada que este gajo está a falare! Cquote2.png
Emboaba português encontrando um paulista na guerra

Cquote1.png Anhanguera! Anhangabau! Ubirijara! Morumbi! Ibirapuera! Mano, Mina, porra!!! Cquote2.png
paulista ofendendo em Tupi com um Emboaba

Paulista típico da época. Pobre, desdentado, descalço, sujo, piolhento, feroz, armado até os dentes... mas sem perder a pose
A Guerra dos Emboabas (Não confunda com o ataque aos Emos, a Guerra dos EMO-abas, nem com o saque de Embu das Artes pelo PCC, a Guerra dos EMBU-abas) foi uma violenta guerra civil que se deu no Brasil colonial no século XVIII.

São Paulo, na época era o estado mais pobre e atrasado do país. Os paulistas eram tão pobres, mas tão pobres, mas tão miseravelmente pobres que falavam Tupi na falta de português.

Os paulistas viraram retirantes e Bandeirantes. Chegando até Minas Gerais, que na época se chamava apenas Cu do Judas (título atualmente detido por Goiás). Coincidentemente os paulistas acharam ouro e quiseram ficar com tudo para si.

Logo a notícia do ouro se espalhou e desceu uma galera da pesada que iria aprontar altas confusões nessa colônia do barulho (ver livro A História do Brasil segundo o Narrador da Sessão da Tarde). Foi português, carioca, baiano, pernambucano, miguxo, tudo quanto é reça do mal para Minas pegar ouro, começando um grande conflito com os paulistas.

E os paulistas, coitados, por só saberem falar Tupi, xingavam os invasores em Tupi, ie, Emboaba, que significa FILHA DA PUTA, mas que os livros de História dizem ser Galinhas calçadas. Os paulistas eram tão pobres que só andavam descalços e satirizavam quem usasse botas.

Cquote1.png EMO! EMOABA! EMBOABA! Cquote2.png
paulista sobre quem usasse botas

A guerra foi sangrenta, com traições de todos os lados. Porém venceram os invasores. Os paulistas perderam a guerra e fugiram para Goiás, onde as onças comeram a todos. Os paulistas sumiram do mapa. São Paulo permaneceu um deserto. O que se chama de São Paulo atualmente só foi colonizado por imigrantes italianos e nordestinos nos séculos XIX e XX.

Cquote1.png Porca miséria! Cquote2.png
italiano sobre São Paulo

O começo da guerra[editar]

Emboaba típico e sua arrogância colonial: Como estão cavalheiros???
Em 1708 D.C.

Guerra estava começando.

Capitão Paulista: Que acontece ?

Bandeirante: Alguém rouba nós ouro.

Bandeirante: Nós tem carta rei.

Capitão Paulista: Quê !

Bandeirante: Pergaminho principal ler.

Capitão Paulista: É você !!

Governador do Brasil: Como estão cavalheiros !!

Governador do Brasil: Todo seu ouro são pertence a nós

Governador do Brasil: Vocês estão no caminho da destruição.

Capitão Paulista: Que você diz !!

Governador do Brasil: Vocês não tem chance de sobreviver faça seu tempo.

Governador do Brasil: Ha Ha Ha Ha ....

Bandeirante: Capitão !!

Capitão Paulista: Atire todo Emboaba !!

Capitão Paulista: Você sabe o que você fazendo.

Capitão Paulista: Mova 'Emboaba'

Capitão Paulista: Para grande justiça.


Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, truta! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
v d e h
Guerra dos Emboabas quer dizer GUERRA!!!
Guerravvsdsd.jpg
Batalha de Waterballoon | Grande Guerra Israel-Japão | , , , 3ª + 0,5, , , , , e Guerras Mundiais | Guerras Black-Folk Metal | N-ésima Guerra Mundial | Guerra Civil | Guerra Fria | Guerra Quente | Guerra da Cisplatina | Guerra Bolivo-Brazuca | Guerra de Canudos | Guerra de Canutos | Guerra da Wikipédia | Guerra do Facebook | Guerra do Futebol | Guerra da Cereja | Guerra dos Cem Anos | Guerra Mineiro-Fluminense | Guerra do Norte Paranaense | Guerra do Pão-de-Queijo | Guerras Clônicas | Guerras Genpei | Guerra de Travesseiros | Guerra Japão - Irã | Guerra das Malvinas | Guerra dos Seis Dias | Guerra de Troia | e Guerras Cartoonísticas | , e Guerras Gamísticas | Grande Guerra Suwa | Guerra do Pacífico | Guerra Tucano-Petista | Guerra dos Farrapos | Guerra do Paraguai | Guerra dos Imundos | Primeira Guerra Mesozóica | Guerra nas Estrelas | Guerra dos Emboabas | Guerra dos Mascates | Guerra de Bolas de Neve | Guerra de Póing | Guerra do Golfo | Guerra do Ópio | Guerra do Infinito | Guerra dos Trinta Anos | Guerra de Hogwarts | O Grande Crash dos Videogames | Segunda Guerra da Cereja | Guerra de Secessão | Guerra Civil Romana | Guerra do Vietnã | Guerra de comida | Guerra dos Cogumelos | Quarta Grande Guerra Ninja (Naruto) | Guerra Oz-País das Maravilhas | Guerra do Iraque | Guerra Civil Inglesa | Guerra Civil Iugoslava | Guerra Civil Russa | Guerra Civil Espanhola | Guerra da Crimeia | Guerra Mundial Z | Segunda Guerra Civil dos Estados Unidos | Guerra Coxinhas-Mortadelas