Kimihagu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Garota hentai.gif SAAAFAAAAADO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Kimi Hagu
きみ はぐ
Kimihagu.jpg
Uma típica disputa para ver quem vai dar pro protagonista
Gênero Hentai, Eroge, School Girl, Ero Comedy, Putaria, Harem
Mangá
Autor Front Wing
Divulgação Milky Animation Label
Onde sai Banquinhas de putaria
Primeira publicação No Japão (como sempre)
N° de volumes Não passou nem do primeiro
Anime
Dirigido por Front Wing
Estúdio Milky Animation Label
Onde passa RedTube e SuperHentai
Primeira exibição 2009
N° de episódios 2
Filmes Juntando tudo dá um filme
OVAs O próprio anime (dã!)

Cquote1.png Você quis dizer: Rosario+Vampire Cquote2.png
Google sobre Kimihagu
Cquote1.png Experimente também: Trêm da Alegria Cquote2.png
Sugestão do Google para Kimihagu

Kimihagu é mais um desses hentais produzidos inicialmente como visual novel que acabou ganhando versão em anime já que ninguém comprava o jogo, preferindo hackear a versão pirata pra jogar escondido dos pais. É um dos pouco hentais que não apela pra estupro de lolis por senpais bem mais velhos e professores pedófilos (ou não) além de também ser um dos raros á proporcionar aos otakus escolher assisti-lo com ou sem censura (lógico, a depender do site que você escolher baixa-lo).

História[editar]

Eis as belíssimas garotas que Kensuke terá a sua disposição em sua desventura pela perda da virgindade (aprecie-as com moderação...)

Por incrível que pareça, Kimihagu se encaixa na categoria de hentais que possui uma historinha meio-consistente (forçada pra caralho, mas meio-consistente). Aqui personagem principal é um nerd perdedor chamado Kensuke (sim! Sabemos que é um estereótipos clichê, mas a otakaiada adora isso por dar mais identificação com eles) e ele está em seu segundo ano do ensino médio. Até ai nada demais, até que um dia ele se apaixona por Kasumi (não, não é aquela ninja tesuda do Dead or Alive), uma garota gostosinha sensível que acabou de se mudar para sua escola. Só que como qualquer bom loser, Kensuke é muito tímido para falar com ela, preferindo ficar fantasiando com a menina ao invés de tomar uma atitude de homem.

Nisso Minami, sua amiga de infância, aconselha-o a participar do tal Love Club, um clube de ninfetas que tem como função ajudar alunos com baixa-autoestima a agirem como machos alfas ou dominatrix. Sem pensar duas vezes, Kensuke imediatamente se junta a essa mulherada a fim de pelo menos conseguir tirar a casquinha de uma. Mas a batata começa a esquentar mesmo quando ele descobre que a Kasumi está apaixonada por alguém, mas que ninguém faz ideia de quem seja, e assim como o tapado do Kensuke, ela não tem coragem de se declarar pro tal indivíduo. Some tudo isso ao final mais previsível possível e o resultado é Kimihagu.

Personagens[editar]

Assim como o número de episódios dessa joça, a galeria de personagens dessa comédia erótica é exageradamente limitada. Confira quem é quem nessa budega:

Kizaki Kensuke.jpg
Kensuke Kizaki
O protagonista dessa história e único indivíduo do sexo masculino a permear pela mesma (e isso ainda contando os figurantes de fundo). Ele é um completo loser que sonha em perder a virgindade com a sua coleguinha Kasumi, mas não tem coragem nem de dizer "oi" pra menina, terminando sempre no 5 contra 1 (isso até ele entrar pro tal Clube do Amor onde altas confusões o esperam).
Kasumi-Kimihagu.jpg
Kasumi Shiina
É a tal garota linda e tímida que o protagonista tá a fim de tacar o peru. Ela chegou recentemente na escola do Kensuke e tudo o que se sabe a seu respeito é que ela ainda é virgem (ou será que não?). Apesar de ser uma novata ela já é a fim de um sujeito, mas ninguém faz ideia de quem seja (isso até chegar o último episódio).
Yuzuki minami.jpg
Minami Yuzuki
Uma tomboy que é amiga de infância do protagonista. Minami foi quem praticamente arrasta Kensuke pra fazer parte de seu clubinho de bisquetes, pois não aguentava mais vê-lo batendo umazinha durante a aula para a foto da Kasumi. Assim como em qualquer hentai, ela também tem uma queda pelo amiguinho e quer ser despirocada pelo mesmo.
Serizawa madoka.jpg
Madoka Serizawa
A deusa lolitinha peituda da história (a final, hentai de colegiado que se preze tem que ter esse elemento no meio). Ela faz parte do clube que Kensuke e Minami frequentam, e sua única relevância nesse enredo é porque ela é a primeira garota a perder a virgindade com o Kensuke. Tirando isso, é só mais um motivo para atrair otakus com fetiches por menininhas nesse anime.
Sakurano miren.jpg
Miren Sakurano
É a presidente do famoso Clube do Amor. Uma raríssima loira inteligente que banca o estereótipo da senpai onee-sama. Também faz parte da putaiada que deu pro protagonista (o que prova que ela não é tão inteligente assim).
Kimihagu-Emiri small.jpg
Emiri Yuuki
A filha do diretor que tem personalidade forte (lê-se: vadia) e é fiscal da escola (lê-se: X9). É aquela típica guria chata que por não conseguir ser pega por ninguém, resolve atazanar a vida de quem já achou sua cara metade. Para aliviar esse estress, costuma tocar uma siririca às escondidas no banheiro da escola. Nem é preciso dizer que é a única garota da história que o Kensuke não quis saber de comer.

Os OVAs[editar]

O anime é dividido em OVAs e como tal, é bastante expansivo em seu número de episódios (afinal não é de agora que hentais ultrapassam a marca de mais de 8000 episódios... não é mesmo?). Sendo assim fique agora com a longa lista dos tais episódios resumidos:

Episódio 1 (Introdução)[editar]

Minami tentando fazer Kensuke deixar de ser trouxa

O episódio já começa com um sonho molhado do Kensuke onde ele fantasia estar tomando no cu que sua mandioca está sendo descascada pela Kasumi, uma garota ninja gostosa novata que acabou de ser transferida pra sua escola. No vai e vem da brincadeira com a mangueira, após uma sessão de masturbação em dueto e um finalmente pra lá de exagerado, nosso simplório protagonista virjão volta a sua realidade ao cair da cama com a fuça no chão. Com isso ele vai pra escola reforçando pra si mesmo que é um fracassado que gosta de uma mina a qual nunca irá pegar.

No colégio os pobres alunos ficam sendo importunados pela filhinha-de-papai da Emiri, que por não conseguir ser acoxada por ninguém, desconta sua frustração querendo acabar com a alegria dos casaisinhos da escola (com a desculpa de fiscal da instituição). Nisso Kensuke se encontra com Minami, a qual está muito puta com a tal guria chata, já que por causa dela o Clube do Sexo Amor que eles haviam montado teve que sair do colégio para continuar ativo em um porão da capela Igreja Universal. No meio desse barranco todo somos apresentados a tal novinha em quem o Kensuke quer passar sua lingüiça: a Kasumi. Ela estava procurando pela biblioteca e nisso Minami tenta ajeitar o Kensuke pra ela, mas ele (como um bom viado arregão) acaba dispensando a chance (e se arrependendo amargamente depois).

Kensuke iniciando sua jornada no mundo da putaria

A fim de não continuar com a fama de baitola brocha, Kensuke resolve pedir ajuda a um santo do pau oco senpai Miren, que o põem pra sair com uma das garotas do tal clube; a sorteada pra isso é uma lolita chamada Madoka, que indecisa entre assinar um contrato ou não pra ser uma garota mágica, aceita a missão de ser desvirginada pelo rapaz. Assim ambos vão para um encontro e Kensuke revela que só está no clube por remorso, já que no passado, quando ainda era um moleque do primário, ele rejeitou a cartinha de uma menina feia chamada Jimiko; e esta de tão magoada resolveu cometer seppuku (afinal japonês arruma qualquer desculpa pra se matar), mas resolveu ser menos radical nas ideias e só se mandou da escola mesmo. Depois de uma longa caminhada, o casalzinho para na frente de um motel e lá Kensuke resolve agir feito homem e fazer tudo o que ele tem direito com a Madoka na cama (sendo mais por insistência da menina do que por atitude dele).

Kensuke fazendo uma proposta indecente a Minami para levarem sua amizade a um novo patamar.

No outro dia, o garoto já tava se achando e foi contar pra sua amiguinha Minami tudo o que tinha rolado (e de praxe como se tornou um lolicon). Essa por sua vez tava fazendo natação e assim que soube de toda a fuleragem, ficou pra lá de puta e tentou matar o protagonista afogado na piscina. Após o incidente ela tenta se redimir da mancada tirando a roupa do cidadão pra secar mais rápido (secar mais rápido, sei...) e nisso acaba se encantando com a salsicha enrijecida do indivíduo. Daí rola aquele famoso clichê de "eu nunca pensei que você ficaria excitado comigo e o caralho a quatro" sendo que no fim das contas os dois acabam trepando na piscina (a qual foi utilizada logo em seguida por atletas colegiais que reclamaram de uma gosma branca com gosto amargo boiando nas águas durante o treino).

Naquela noite, sem ter nada melhor pra fazer, Kenzuki resolveu jogar Zelda em seu PSP (o.õ... não me perguntem como) escondido dentro do confessionário da Igreja, quando do nada chega uma guria pra se confessar por ter tido pensamentos impuros. Só que a mina em questão era a tal da Kasumi, que diz ao protagonista-se-passando-por-padre que ela tá a fim de um cara que reencontrou após entrar pra nova escola. E agora? Quem é esse cara? Kensuke ainda terá chance com ela? Irá se confessar pra ela? Vai chutar o pau da barraca e ficar com uma das gurias que ele já comeu? Ou vai arregar como fez até agora? Você escolhe o final no Você Decide! As respostas você confere no próximo capítulo desta novela.

Episódio 2 (Final Mas já?)[editar]

Miren, como uma boa presidente de clube, faz seus sacrifícios para que seus membros sempre estejam felizes

Depois de toda a tensão formada no final do capítulo anterior, depois que Kasumi confessou para um falso-padre que ela estava afim de um cara, nosso (nada) querido Kensuke, que já estava todo metido a cavalo garanhão desvirgidador de novinhas, entrou em uma profunda fase de depressão e crise existencial a qual se perpetuou até o dia seguinte. Incomodada por ver o único macho de seu clube agindo feito uma menininha deprimida, a presidente Miren resolveu tomar uma atitude para animar o moleque (já que Minami e Madoka nem tiraram suas bundas das cadeiras pra saber o que diabos aconteceu com o coitado do rapaz). Com isso, após uma bela trepada com a loirinha gostosa, Kensuke conseguiu sair de seu estado vegetativo e voltar a si (em parte pelo menos...).

Ainda meio sem estabilidade de seus comandos cerebrais (é isso que dá pegar mulher mais velha três garotas seguidas pra tentar aliviar as pressões da vida), Kensuke acaba indo bater na biblioteca da escola, onde se reencontra com sua não-peguete Kasumi. Os dois trocam uns beijinhos livros mas quando o clima tava começando a brotar, eis que chega a chata da Emiri pra atrapalhar o pseudo-casal (isso depois dela ter tocado uma no sanitário fantasiando que era acochada por quatro negões ao mesmo tempo... mentezinha hard-core, não?). Ela começa a cuspir um monte de asneiras, como qualquer guria retardada costuma fazer, mas é deixada no vácuo pelo Kensuke e Kasumi. Nisso ela apela pra ameaçar contar pra toda escola que ele e a Minami andam se gratinando pelos becos, ao que Kensuke diz que não liga, sai do local abraçado com a Kasumi e ainda manda a mocréia da Emiri pra aquele lugar.

Note quanta moral Emiri tem: Até o loser do Kensuke tira sarro da cara dela

Voltando a se achar a última bolacha do pacote, Kensuke retorna para o clubinho da putaria, e lá eles recebem a sua mais nova integrante. Adivinha quem é? escolha uma das opçõe: 1-Dercy Gonsalves, 2-Elsa da Frozen ou 3-Yuno Gasai. E a resposta é... Sim! A Kasumi! Não bastasse ter deixado o protagonista na deprê, ela resolveu entrar pro Clube do Amor pra ver se assim consegue se declarar de uma vez por todas pro tal cara que ela está a fim. Nisso o Kensuke já ia entrar em um novo estágio de emisse, mas pra cauterizar o elefante na sala Miren manda Madoka ir junta com Kasumi até o mercado mais próximo comprar um pouco de cerveja para encherem um pouco a cara e esquecer as sofrências da vida, enquanto que Minami fica ensaiando com Kensuke para que ele se declare pra Kasumi quando ela voltar; resumindo, um plano infalível.

Enquanto retornavam pro clube com a cachaçada, Kasumi pergunta pra Madoka se Kensuke tá realmente dando uns pegas na Minami, ao que Madoka diz que na verdade o garoto tá pegando é todo mundo da escola eles são só amigos, só que depois de dizer isso a lolitinha começa a ter umas fantasias sexuais do nada, imaginando como seria se o Kensuke agarrasse ela numa sala de aula vazia e lhe aplicasse o famoso tchu plac tchu plin no ratiofly. Após o efeito das drogas terem passado, as duas continuam seu caminho de volta a igreja. Quando as duas entram na sala pegam no flagra o tarado do Kensuke se declarando metendo gostoso na Minami. Isso parte o pobre coração da Kasumi que sai do local chocada e chorando (sendo que na verdade o rapaz estava apenas ensaiando como iria fazer com ela mais tarde na cama).

O ponto mais alto do anime: Quando o protagonista, após um árduo treinamento, finalmente taca sua mandioca na garota que tanto desejava

A fim de esquecer a cagada, Kensuke, ao invés de ir atrás da garota e explicar o mal entendido, resolve afundar a cara na pinga nos livros (como já diria o Mestre Linguiça, estudar é o melhor remédio... pra burrice), e acaba achando uma foto de quando ele era uma criancinha remelenta. Tá, até ai nada demais, certo? Só que na foto aparece a tal guria feia do primário, a Jimiko (ou seja, nada demais2), e ela tem exatamente o mesmo tique de dedinho levar o dedinho na boca que a Kasumi! E nisso vem o grande plot-twist da história! Ainda não sabe o que isso significa? Porra nenhuma! Na verdade a Kasumi é a Jimiko depois que passou por uma série de cirurgias plásticas, tingiu seu cabelo de rosa e mudou seu nome para apagar a imagem da pirralha ridícula que ela era no passado. É, aposto que por essa você não esperava...

Cquote1.png OH MY GOOOOD!!! Cquote2.png
Você após ler este spoiler

Mas continuemos. Ao perceber isso, sem nenhuma forçassão de roteiro, Kensuke recebe uma ligação da Minami dizendo que a Kasumi não havia voltado para o dormitório da escola. Assim nosso herói (se é que podemos chama-lo disso depois de tudo o que aconteceu) parte em meio a chuva para procura-la, recebendo uma espada guarda-chuva da Madoka com lvl:+85 pra encarar a toró que tá rolando, e convencionalmente a encontra novamente na igreja se confessando para uma pseudo-freira (sim, agora foi a vez da Miren enganar os trouxas). Nisso ele diz que sempre a amou desde que ela era uma fedelha repugnante no jardim de infância, e os dois então descem pra sala do clube e começam a se atracar pra valer enquanto Minami e Miren ficam no templo enchendo a cara de cana. No final a pau-no-cu da Emiri com uma de suas câmeras espiãs dá uma de paparazzi flagrando o casalzinho saindo abraçados da igreja e resolve presta uma homenagem a isso. E assim termina esse enorme hentai.

O jogo[editar]

O jogo proporciona uma vasta gama de relacionamentos, inclusive entre as personagens femininas.

Como já foi dito, Kimihagu começou como um joguinho de putaria para descascar a banana na frente do PC. Lançado dois anos antes do anime, o jogo consiste praticamente em te fazer agarrar o máximo de garotas dessa joça, mas te limitando a ficar só com uma no final (e de praxe te deixar refletindo se valeu a pena iludir toda a meninada que você comeu e dispensou).

A historinha é praticamente a mesma que foi resumida nos OVAs, porém aqui você tem a possibilidade de seguir por rotas que apenas babacas escolheriam (por sinal, o publico alvo que joga esse troço tem um QI inferior ao de Homer Simpson), onde você pode continuar comendo a Madoka e finalmente ordenha-la e realizar as fantasias sexuais da guria numa sala de aula, abandona-la e tentar sair da friendzone com a Minami, depois migrar pra Miren e aprender o caminho da maturidade fodendo as maiores bundas e peitos do game, e no pior dos casos tentar a sorte com a insuportável da Emiri (se você for louco o suficiente pra encarar essa, boa sorte Charlie. Não se esqueça de alimenta-la e seda-la após o coito).

Apesar do sucesso de visual novels que é muito ostentada no Japão, o jogo não fez nem de longe o mínimo de sucesso esperado, simplesmente porque em todo santo mês são lançados uns trocentos títulos de eroge concorrentes (e sem censura pra completar); isso quase levou a empresa a falência. Felizmente quando tudo parecia perdido, eis que um dos empregados teve a brilhante ideia de vender os direitos do título para a GAINAX (já que eles nunca recusavam produzir entretenimento para adultos que agem como crianças), mas como estes já estavam muito atolados com os filmes de Evangelion, resolveram dar esses direitos pra uma produtora de quinta categoria. Pelo menos a obra se pagou e atualmente o estúdio vai bem fechou, pois torrou a grana toda num cassino em Las Vegas perdendo todas as suas propriedades na mesma noite numa aposta idiota. Por este motivo é que nem o anime e muito menos o jogo jamais terão uma continuação. Pelo menos os otakus punheteiros estão se divertindo vendo essa porra no Xvídeos.

Galeria da punheta[editar]

E agora para finalizar, daremos a você seu grande pervertido o que você realmente veio até aqui para ver: putaria gratuita (bata com moderação):

Ver também[editar]

Links Externos[editar]