Maakhir

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...a palavra macumba, deriva de maakhir!

Maakhir é o estado da Somália que se autoproclamou um país republicano mãe de santo.

História[editar]

Um americano idiota que irritou os Maakhir após não beber água na cuia.

Nos primórdios da humanidade, enquanto dominavam o mundo os Australopitecus, a região foi povoada desde então pelo avançado povo xamã (para não dizer macumbeiro).

O povo egípcio se consultou muito nessas regiões em sua época de ouro.

Desde então um monte de gente passou pelo local, desde para conseguir apenas alguns ensinamentos dos grandes sábios da máscara preta, como para fazer mau-olhado àquela metida que se tem tanto ciúme ou apenas para tentar alguns negros para trabalharem no Brasil.

Durante toda a história, Maakhir foi uma tribo próspera e independente, suas fortes mandingas derrubaram o Império Romano e o Império Mongol, porém depois que a Europa meteu o bedelho na região e misturou tudo, aquele monte de terras distintas situadas no corno da África, se tornaram um país só chamado Somália. Como ninguém se entendia, para matar a fome só matando a tribo rival e a partir de então a guerra generalizada se espalha pelo país.

A tribo Maakhir é muito forte, e rivaliza de igual para igual com os outros territórios somalileses.

Em 2000 surgiu uma balela chamada de Governo Transicional Federal, apenas um papo-furado que politiqueiros inventaram para empobrecer ainda mais a tribo elegendo presidentes de araque, roubando assim água e ouro.

Conquistou a autonomia em 2007, quando todos os macumbeiros do mundo fizeram mau-olhado no seu vizinho e rival Somalilândia.

Geografia e Etnia[editar]

A região de Maakhir, localizada encravada no Quênia, é habitada permanentemente por negões que usam máscaras de três metros e dançam em volta de fogueiras.

Enfurecer os integrantes dessa tribo é pedir azar eterno na vida, é só por exemplo analisar o caso da França que nunca ganhou uma guerra sozinha sequer na história ou então Portugal, único país de terceiro mundo na Europa