Maid Girl

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Konalisa.jpg Made in Nihon ;~

Este é um artigo kawaii ¬¬ com tecnorogia japonesa, né? (ou não ì_í)
Os otakus dão a sua vida por isso! ;~
Mas se vandarizar, a Lucy vai te matar sem você perceber ì_í

Garota hentai.gif PERVERTIIIIIDOOO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!

Maids fazendo um protesto contra os 10% que vem da gorjeta.
"Servido?"

Cquote1.png Você quis dizer: Pseudo-puta Cquote2.png
Google sobre Maid Girl
Cquote1.png Ahh! Eu consegui um emprego em um Maid café! Cquote2.png
Garota de animê sobre trabalhar em um Maid café ser uma coisa normal
Cquote1.png O que é isso? Cquote2.png
Você sobre Maid café
Cquote1.png É um lugar onde as garçonetes se vestem de Maids! Cquote2.png
Garota de animê sobre Maid café
Cquote1.png Eu pensava que isso era um puteiro! Cquote2.png
50 Cent sobre ter entrado em um Maid café por engano
Cquote1.png Ahhh! Que roupa é essa??? Cquote2.png
Alguém quando vê uma garota vestida como Maid
Cquote1.png É um tipo diferente de prostituta das antiguidades? Cquote2.png
Sociólogo sobre Maid

Maid Girl ou apenas Maid é um gênero de fantasia tanto sexual quanto cosplay de empregada. Bem, dizem que as Maids se vestem como empregadas inglesas antigas, embora atualmente essas roupas só signifiquem um tipo diferente de prostituta.

É quase incerto que exista alguém disposto a trabalhar usando um uniforme tão ousado e talvez humilhante, mas no Japão existem de fato Maids café (pelo menos é o que os mangás ensinam).

Inventor[editar]

Sim, existe um maníaco sexual que criou essa mania esquisita de Maids.

Tudo teria começado na Inglaterra da idade moderna. A idade moderna não é caracterizada pela libertação sexual, e sim apenas pela escravidão e submissão feminina perante aos homens. Por isso, as Maids foram criadas apenas como símbolo de casos extraconjugais para os ricaços que podiam contratar tais moças.

Para ser uma Maid[editar]

"Patrãozinho, vim serví-lo. Se precisar de mais alguma coisa é só me chamar, viu?"

Antigamente, para ser uma Maid deveria ter os seguintes atributos... Digo, habilidades:

  • Saber encerar o chão de maneira que atice os líbidos e desejos mais profundos do patrão.
  • Tirar o pó de objetos antigos demonstrando fragilidade e deixando o espanador cair para quando for pegá-lo empinar o bum-bum gentilmente para o patrão poder dar uma espiada no material
  • Servir o patrão como toda boa mulher submissa.
  • Aceitar qualquer pedido do patrão, não importando se estes pedidos incluírem massagens eróticas ou ajuda na hora de colocar ele para o banho.
  • Se essa Maid fazer aniversário de a família e a ela uns presentes são:
  • Para o Pai: uma Lamborghini 0 KM,
  • Para a Mãe: Uma noite no Spa de luxo,
  • Para o Irmão(caso ela tenha): um Dodge Charger 1969 restaurado 0 KM,
  • E para ela : uma noite romântica com jantar e vinho e em seguida sexo com ela.
  • E claro, ter um corpão e usar os trajes mais atrevidos de Maid, nem que seja só usar o avental e mais nada quando for servir o patrão.

Sendo que quanto mais Maids trabalhassem na mansão, mais chances do marido insatisfeito com a mulher fundar um harem secreto por lá.

Atualmente[editar]

Furries também costumam aderir a este esteriótipo.

Atualmente, as Maids acabaram sendo desenterradas do túmulo que nunca deveriam ter saído. Tudo por causa de um mangaká japonês que acabou mais tarde criando um certo mangá que mais tarde virou animê que por sua vez popularizou a disseminação de Maids pelo mundo todo...

Quer dizer, só existem Maid-café no Japão, por isso não é no mundo inteiro.

Atualmente, as Maids têm outras funções. Sendo que agora elas não trabalham mais para maridos insatisfeitos com as próprias mulheres, mas sim com o povão que for entrar em algum Maid café. Nem há motivo de existir um Maid-café, já que um café comum gasta menos fazendo os uniformes e que garçonetes comuns também atraem fetiches em quem é servido por elas.

As exigências atuais para se considerar uma Maid são menos rigorosas do que antigamente. Por exemplo, atualmente quem estiver sendo servido pela Maid deve ser chamado de "patrãozinho" e que se a Maid for Colombiana e não ter praticamente nenhum tipo de apego à humanidade ela deve obrigatoriamente saber manusear com perfeição armas de fogo e armas brancas.

Tipologia[editar]

"Precisa de ajuda para tirar a roupa, patrão?"
Um exemplo de uma Maid híbrida com Cat Girl, Kawaii version.

Existem vários tipos de Maids, e todas são caracterizadas justamente por quanto elas mostram o corpo delas.

  • Maid normal: É a modalidade normal. Nem precisa descrever como é o uniforme, pois certamente as variações são tão infinitas quanto o número de vezes que jogadores do Flamengo são presos ou pegos com drogas. Aí existem vários sub-tipos, pois a característica de Maids normais mudam quão putas/comportadas são.
  • Maid híbrido de Cat Girl: Não pode ser definido como algo raro de encontrar, mas dizem que a ideia de unir Maid girl com Cat girl rendeu um fetiche completamente novo para otakus punheteiros. O principal alvo desse tipo de tarado é a Wikipe-tan como Cat Girl e todas as personagens das Super Gatinhas.
  • Maid híbrido de Bunny Girl: Não é algo raro de ver Bunny Girls servindo clientes. Mas quando há esse tipo de Maid faz com que os clientes se sintam em uma boate de striptease ou algo do gênero.
  • Maid alemã: Bem... Este aqui dá até para cogitar que existe pois em alguns bares alemães ainda aparecem mulheres vestidas de Maid. Geralmente são loiras.

Curiosidades[editar]

  • No Japão, as Maids recebem o mesmo salário que as prostitutas recebem por lá. Por isso, geralmente os mangás narram histórias de estudantes de ensino médio que acabaram com o dinheiro curto e por isso foram trabalhar em Maids café.
  • No Japão também, é o único lugar do mundo que terá esse tipo de estabelecimento que promova tanto a humilhação dos empregados. E nunca ninguém é processado.
  • A maioria dos mangás que envolvem Maids sempre tem algum trecho inspirado ao de histórias de atrizes pornôs que por causa do dinheiro também foram para boates de striptease como garçonetes para pagarem sua faculdade.
  • No Japão, dizer que ser Maid é a mesma coisa que dizer que torce para o Corinthians, sendo que sua família inteira é palmeirense.
  • As Maids acabaram influenciando o código ético, e por isso, foi dos Maid cafés que surgiram a frase "Onde se ganha pão, não se come carne".

Ver também[editar]

"Agora Anônimo, deixa de ser muquirana e passa os 10%!"