Malawi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Baby Store of Malawi
The Glorious Republic of Malawi
República da Fácil Adoção de Malawi
Bandeira de República da Fácil Adoção de Malawi
Brasão de República da Fácil Adoção de Malawi
Bandeira Brasão

Localização de República da Fácil Adoção de Malawi

Capital Lilongwe
Cidade mais populosa Bunda
Religião oficial Buda
Governo República dos Não-Direitos-Humanos
 - Chefe do Orfanato Bingu wa Mutharika
Heróis Nacionais Enfermeira negona gorda, tua mãe
Área  
 - Total Difícil Saber Isso km² 
 - Água (%) 60
Analfabetismo 90 
População Indefinível (aumenta e diminui muito vertiginosamente) 
PIB per Capita 50 
IDH 35 
Moeda Kucaracha
Fuso horário  ??
Clima Abafado de Lagos
Website governamental  ??


Malawi é um dos países com a maior taxa de natalidade do mundo em relação ao tamanho populacional do país, ressaltando que não há condições no país de suportar tanta gente.

O país se encontra nas nascentes do Rio Nilo do Lago Niassa e seu território na verdade é metade do lago em si (a outra metade é proferida à Moçambique).

História[editar]

Período pré-colonial[editar]

Malawi (ou será que mala ali??) é um país-tribo africana que fazia parte oficialmente da Grande República do Bolo Centro-Africano cuja hegemonia era constantemente contestada. O país compõe 15% da taxa de adoções de todo o mundo.

Niassalândia[editar]

Quando a Europa conquistou a África, o território referente a Malawi ficou com a Inglaterra. Depois que os ingleses exploraram todo o país, secaram metade do lago, desmataram 80% do país, dizimaram a vida marinha selvagem do lago, em suma, sugaram toda Malawi foram embora e ainda posaram de bonzinhos e modernos por conceder independência a um país sem guerras.

Ditadura[editar]

Malawi ficou na miserabilidade. O tédio absoluto também permeava o país. A única coisa divertida que podia ser feita era sexo (já que guerra civil não dava porque a ditadura dominava o país), então o país teve uma explosão populacional, logo uma explosão de pobreza.

Fatos recentes[editar]

Celebridades Holywoodianas viram nesse país uma ótima oportunidade para posarem de defensoras dos direitos humanos, então Angelina Jolie, Madonna, Sharon Stone e Marilyn Monroe adotaram pencas de bebês neguinhos da Malawi para usarem nos seriados americanos afros.

Subdivisões[editar]


Economia[editar]

Um moderno shopping center em Malawi.

Em Malawi a economia é baseada na exportação de bebês para adoção. Contudo planeja-se no futuro explorar o mercado na exportação de putas pois a gente neste país têm muita experiência sexual.

Política[editar]

Em Malawi a política ninguém sabe como é direito, só se sabe que há uma imenso apoio a natalidade e adoção em orfanatos.

Curiosidades[editar]

Flag-map Malawi.png Malawi
HistóriaPolíticaSubdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo


Salve mãe África, mano!
África
v d e h

Países: África do Sul | Angola | Argélia | Benim | Botswana | Burkina Faso | Burundi | Cabo Verde | Camarões | Chade | Comores | Congo | Costa do Marfim | Djibouti | Egito | Eritreia | Eswatini | Etiópia | Gabão | Gâmbia | Gana | Guiné | Guiné-Bissau | Guiné Equatorial | Lesoto | Libéria | Líbia | Madagascar | Malawi | Mali | Marrocos | Maurício | Mauritânia | Moçambique | Namíbia | Níger | Nigéria | Quênia | República Centro-Africana | República Democrática do Congo | Ruanda | São Tomé e Príncipe | Senegal | Serra Leoa | Seychelles | Somália | Sudão | Sudão do Sul | Tanzânia | Togo | Tunísia | Uganda | Zâmbia | Zimbabwe

Territórios: Canárias | Ceuta | Galmudug | Mayotte | Melilla | Reunião | Saara Ocidental | Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha | Somalilândia