Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

51 940 artigos · 176 764 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Enchimento para os seios, um dos itens essenciais de Samus.

Samus Aran é uma célebre ex-top model e protagonista da série Metroid de Star Wars. Ela é engajada em diversos tipos de missões, entre elas destruição sistemática de sítios de valor cultural religioso, genocídio em massa, destruição de ecossistemas e espécies e aniquilamento de espécies indígenas e aparentemente é paga para isso... porque ela não está na cozinha? Ninguém sabe.

No início ninguém sabia que era uma mulher porque usava sempre uma armadura e se vestia de homem. Recentemente como apareceu sem armadura e revelando-se como uma loira de muitos atributos, Samus apareceu em tudo quanto é jogo da Nintendo com uma roupa azul colada e sexy, conseguindo alavancar as vendas dos respectivos jogos.

Samus Aran com a sua nova armadura do Megaman estreia nos videogames em 1980 quando entra para a polícia galática onde passa a caçar metroids e Space Pirates onde dedica a sua vida para matar várias vezes seus inimigos mortais Kraid, Mother Brain e principalmente Ridley (o que mais vezes ressuscitou).

Samus passou a caminhar em planetas inóspitos enfrentando bichos estranhos e caçando um dinossauro tamanho família e várias outras coisas por uma recompensa que ninguém vê a cor do dinheiro (talvez a recompensa seja ver ela pelada no final).

A armadura de Samus, produzida e vendida pela Polishop, é uma geringonça que faz mil e uma coisas, como cortar batatas, assar pães e atirar, mas no final não ajuda em muita coisa.


Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: