Pessoa revoltada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso tutorial de wikificação! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...

Pessoa revoltada (do grego Stelios Kontos) é um ser humano que costuma exteriorizar níveis de agressividade deveras elevados.

A agressividade esteve sempre presente no meio social humano. Os homens Neanderthal eram demasiado agressivos, isto porque os seus avôs - os orangotangos da Somália e os macacos do Madagascar - costumavam resolver as disputas territoriais com combates terríveis onde dejetos eram arremessados frequentemente. Contudo os seres humano-macacóides inventaram a masturbação bi diária, permitindo um ligeiro descréscimo dos níveis de agressividade.

Mais tarde, com o Homo Erectus e a descoberta do fogo, os níveis de agressividade elevaram-se novamente perante a força brutal daquele elemento desconhecido. Como curiosidade, os seres Sonius Brazõtis começaram logo a brincar com o fogo levando a tragédias incontáveis.

Finalmente, o homo sapiens sapiens, a agressividade continuava no quotidiano humano, contudo a receita dos nossas antepassados continua a ser a dar bom resultado: "Bata umas punhetas ou coloque um pepino na periquita que isso logo passa".

O antropólogo Luís Bate Nelas afirmou uma vez: "Mas quem é você? O que está a fazer na minha casa às 4 da manhã? E porque está só de cuecas? O que vem a ser isto?"

Este artigo é um esboço vindo do Inferno.
Ele está possuído pelo demônio. Você pode ajudar o artigo exorcizando-o.