Rocket Power

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Warner Channel Logotipo.png Rocket Power é um programa do(a) Nick (canal), que está no Desportal Televisão. Se você for do portal, deve poderá editá-lo, caso contrário, se tornará nosso escravo e VAI editá-lo!

Agora aperte o botão Canal do Cliente e melhore esta página!

TV pós-Globo.

Este artigo é sobre mais um programa de tortura televisiva. Salve-se mudando para o Canal do Boi, ou leia sobre mais essa desgraça da TV.

Cquote1.png Você quis dizer: Boquete Power? Cquote2.png
Google sobre Rocket Power

Cquote1.png Maneiro, cara! Cquote2.png
Otto sobre Suas manobras radicais.
Cquote1.png Isso vai dar merda! Cquote2.png
Pirralho Sam sobre Citação acima.
Cquote1.png Como meus ancestrais do Havaí sempre diziam... Cquote2.png
Tito contando história pra boi dormir.
Raquete Pauer é mais uma produção besta da Nickescrotolodeon que mostra as desventuras de 4 crianças retardadas que não fazem nada na vida a não ser praticar esportes radicais, para depois ganharem uns inscritos em seus vlogs. Teve não sei quantos episódios com a mesma merda de roteiro, exibido piratamente por vários países (incluindo esse, senão eu nem estaria criando este artigo!) além de ter gerado uns 3 filmes meia boca que mostra o quanto eles não invoam em nada no roteiro viajar e andar de skate por aí é cool.

Personagens[editar]

Oswald "Otto" Rocket[editar]

É o cafetão líder do grupo, e o que mais se arrisca gosta de fazer manobras com seu skate velho. Mesmo sabendo que ainda pode perder uma perna com isso, Otto prefere andar de skate no pico do Everest do que dar uns pegas uma mina qualquer. Tenta a todo custo parecer um Tony Hawk da vida, mas acaba se lascando todinho no chão.

Os Rockets deram de cara com um grupo de mafiosos narco-traficantes. Agora vai dar treta, truta!

Regina "Reggie" Rocket[editar]

A irmã lésbica do Otto. Ela de se aventurar com seus amigos fazendo todo o tipo de poses escrotas, e que só gente retardada gosta de ver. Não quer saber de dar pegas com homens, embora já tenha babado com o tamanho do skate do Sam. Mesmo assim, tem lá suas rivaiszinhas que zombam dela por ser lésbica e andar de skate com meninos, mas ela não liga ela dá o telefone dela pra elas.

Samuel "Sam" Dullard[editar]

O nerdão da turma. Caracteriza-se por seus óculos quadrados, seu nariz de porco e sua aparência alá Bart Simpson paraguaio. Mas Sam, conhecido pelo carinhoso apelido de Pirralho é um daqueles que faz questão de colocar curativos nos outros até quando não precisa, e quase nunca fica o skate, pois não quer quebrar a perna dele.

Maurice "Twister" Rodriguez[editar]

É aquele cara que faz questão de filmar as manobras radicais que seus amigos fazem. É a representação de um típico perdedor que sempre fica atrás do protagonista, embora isso não aconteceu em um episódio. Tenta pegar a Trish, mas o que ele não sabe (ou não) é que o Sam também quer tirar o cabaço com ela.

Raymond "Ray" Rocket[editar]

Pai de Otto, se gaba de ter sido um grande surfista quanta mentira!. Hoje trabalha numa lanchonete quase-falida que só os Rockets frequentam. Tem que aturar as histórias chatas pra caralho de um gordão vindo do Havaí.

Tito Makani[editar]

Funcionário da Shore Shacks, Tito é conhecido por suas histórias pra boi dormir fascinantes de sua terra natal, cheia de ancestrais antigos que sempre o faziam borrar nas calças. Os Rockets sempre o procuram quando se fodem com a polícia, já que os guardas sempre cochilam quando ele começa a contar suas histórias.

Trish Pampers[editar]

Uma guria que é da paz e que adora deixar a coisinha molhadinha na água surfar o dia todo. Tem relações suspeitas com Reggie e Sherry, mas mesmo assim é a mais desejada por Twister e Sam, que querem perder a virginidade com ela.

Os Stimpletons[editar]

Esse casal com nome super esquisito são os vizinhos dos Rockets. Marv é um velhinho reclamão que gosta de meter a bengala neles (principalmente no Otto) e de dirigir-se aos guris com palavras delicadas quando estes fazem suas manobras. Violet é sua esposa, e ao contrário dele, ela toma Chá de Cogumelo todos os dias e por isso está sempre com aquele sorriso esquisito alegre á mostra.

Brizzy Copley[editar]

Uma tremenda gostosa que trabalha como escrava numa empresa que fabrica equipamentos para esportes radicais (nunca se viu coisa tão inútil...) Ray quer pegar ela, mas se amarela todo no caminho.

Sherry[editar]

A que demonstra mais sinais de lesbianismo no desenho, anda sempre com Reggie e Trish, sempre com suas relações especiais. Mas sempre gosta de ver a bola quicando quando joga voleibol. Tenta disfarçar seu outro gosto com Twister, mesmo que ele já tenha seu interesse.

Ver também[editar]


TV CULTURA NA ERA DIGITAL.jpg Este artigo está relacionado à TV Cultura.

Ele assiste Cocoricó e Roda Viva, faz maratona de desenhos é a segunda melhor emissora do mundo, mas tem um ibope de merda. Conheça mais dessa gentalha aqui.