Ruanda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
●Ruanda Die Wasteland
●Subexistence of Ruanda
●República dos Não-Direitos Humanos

Bandeira da Ruanda.png Brasao da Ruanda.png
Bandeira Brasão
Lema: Unidade, Trabalho, Patriotismo e muita Matança
Hino: Burundianos!! Matem-nos
LocationAngola.png
Capital Kigali
Maior cidade Aquele alçapão com pessoas enforcadas
Língua Belga e Alemão
Tipo de Governo Genocídio Democrático
Líder Revolucionário Paul Kagame
Heróis nacionais Juvénal Habyarimana e Cyprien Ntaryamira
Independência Ficou ao léu depois que a Alemanha foi destruida por soviéticos
Moeda Franco
Religião Umbanda
População 7.000.000 (7.800.000 há a algum tempo atrás)
Área Uma merrequinha (20% de água)
Analfabetismo 149%
PIB per Capita 34 USD/hab.
IDH 0.0
Fuso Horário O tempo não existe para mortos (ou quase mortos)
Clima Úmido Tropical e com muitas explosões e sangue
Site do Governo Não Existe
Cquote1.pngSua intenção era pesquisar: UgandaCquote2.png
Google sobre Ruanda

Cquote1.png Brasil e Argentina!! Holanda e Alemanha!! Sérvia e Bósnia!! Rivalidade pra valer é Burundi e Ruanda Cquote2.png
Historiador esclarecido sobre Ruanda e Burundi
Cquote1.png O que? Rua anda? Cquote2.png
Pessoas que não sabiam que a Ruanda existia quando ouvem alguém lhes falar sobre a Ruanda pela primeira vez

Ruanda (etimologia do nome Rua Anda) foi considerado entre os anos de 1994 e 2006 o pior país do mundo em relação aos direitos humanos. Perdeu o posto em 2007 para o Morro do Alemão. Ruanda é o único país no mundo que é mais conhecido por um filme do que pelo o que já fez.

História[editar]

Colonização[editar]

Ruanda foi um pedaço demarcado às margens do Lago Kivu que rivaliza ferrenhamente com Burundi e Uganda.

Como toda colônia belga na África, Ruanda é extremamente inferior em todos os sentidos em relação às ex-colônias inglesas e francesas.

A Bélgica trocou seis por meia dúzia quando trocou com a Alemanha o território da Ruanda pelo território de Uganda e mais uns trocados.

Ninguém sabe até hoje o que a Alemanha quis com aquele território inútil, mas incorporou porém a cultura local o gosto pelo genocídio.

Independência e guerra civil[editar]

Ruanda conquistou a independência sob o lema "país do genocídio livre". Tornou-se uma região de duas tribos rivais, os tutsis e hutus. Tudo começou quando a 1000 anos atrás, quando o primogênito do chefe tutsi corneou o chefe hutu e desde então as duas etinias se matam e possuem como objetivo de vida a extinção do rival.

Fatos recentes[editar]

O ideal método de transporte em Ruanda.

Genocídio e pobreza.

Economia[editar]

E isso existe lá?

A economia de Ruanda é uma das mais fudidas do mundo, isso piorou depois que os burros dos tutis resolveram matar seus amiguinhos hutus para fazer aquele feijão com hutu com eles...

Depois da brincadeira de 1994 a economia teve uma mudança de 90%... Para pior. O governo já tentou recuperar economia, mas os burros dos tututis insistem em comer tutu...

A economia hoje se baseia na exportação de refugiados... A melhor época da economia de Ruanda foi em 1995 quando a exportação chegou a 10.000 refugiados em menos de 100 dias... mas dinheiro que é bom mesmo não entrou. Mas pelo menos em Ruanda a maioria da população não passa fome, pois comem os tutu.

Exportações[editar]

5000000 de refugiados por ano.

Importações[editar]

Não compra nada além de armas e munições... Chegaram a 8000000000000000000 essa semana.

Subdivisões[editar]


Política[editar]

Respeitando os princípios democráticos pregados pela ONU, Ruanda absolveu a Assembléia Nacional, assim como instituições como Senado e Congresso, fecharam-se todos os partidos políticos e a região agora é conhecida como Deus-nos-Acuda.

O atual presidente ditador há 50 anos não sabe o que está governando... um campo de guerra ou um cemitério.

Ver também[editar]

Flag-map Ruanda.png Ruanda
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo
TOTO.jpg
África
v d e h

Países: África do Sul | Angola | Argélia | Benim | Botswana | Burkina Faso | Burundi | Cabo Verde | Camarões | Chade | Comores | Congo | Costa do Marfim | Djibouti | Egito | Eritreia | Etiópia | Gabão | Gâmbia | Gana | Guiné | Guiné-Bissau | Guiné Equatorial | Lesoto | Libéria | Líbia | Madagascar | Malawi | Mali | Marrocos | Maurício | Mauritânia | Moçambique | Namíbia | Níger | Nigéria | Quênia | República Centro-Africana | República Democrática do Congo | Ruanda | São Tomé e Príncipe | Senegal | Serra Leoa | Seychelles | Somália | Suazilândia | Sudão | Sudão do Sul | Tanzânia | Togo | Tunísia | Uganda | Zâmbia | Zimbabwe

Territórios: Canárias | Ceuta | Mayotte | Melilla | Reunião | Saara Ocidental | Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha | Somalilândia