Segundo Comando da Capital

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mafiapre.jpg Esse artigo tá pro crime!
Este artigo fala sobre um bando, uma quadrilha ou sobre um criminoso qualquer. Ele usa de sua influência nas forças armadas para praticar crimes numa boa e não paga impostos, pois é protegido pelo governo. Tem boa convivência com os populares, frequenta estádios de futebol apenas para fazer baderna e tem supostas ligações com a máfia.

Não vandalize esse artigo, ou morrerá sobre circunstâncias suspeitas!

LadrãoIdiota.gif
Cquote1.png Você quis dizer: PCC? Cquote2.png
Google sobre Segundo Comando da Capital

Cquote1.png Experimente também: Segundo PCC Cquote2.png
Sugestão do Google para Segundo Comando da Capital
Cquote1.png Isso non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Segundo Comando da Capital.
Cquote1.png Sei, sei... vocês policiais nunca dizem existir o bandido... Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Segundo Comando da Capital.

O Segundo Comando da Capital é um grupo criminoso de origem desconhecida. Aliás, não só a origem, como também a existência. Isso porque inventaram o Primeiro Comando da Capital e o Terceiro Comando da Capital, mas se esqueceram do segundo, relegando-o assim a não-existência.

O Mais Temível Líder de Tudo[editar]

Nego Boca, o mais ralado e fodidod traficante da quebrada, que botava brigadiano pra correr e guria pra chupar. Era macho. Atualmente não se sabe se está foragido, morto ou se está sendo servijo como jantar para o Minotauro.

Início de tudo[editar]

Teoricamente, sinais da existência dessa lendária organização começaram a serem vistos em diversos muros de casas no Rio de Janeiro. Diziam que aquilo vermelho era sangue, mas todo mundo já sabia que era o esmalte roubado da mãe de alguém.

Pichação no muro da Mula-sem-cabeça. Aliás, essa pichação tá tão mal feita que parece até que foi feito no Paint.


Segunda feita[editar]

Peraí, hoje é domingo!

Cquote1.png Eu não falei que era segunda-feira, e sim SEGUNDA FEITA!!! Cquote2.png
Subconsciente sobre mim.

Ah, tá... a segunda feita provável da existência deles foram fenômenos estranhos, como o dobramento de colheres da Rocinha. Isso deixou muitos conturbados, pois ninguém (além do Uri Gelller, é claro), poderia fazer isso.

Terceira feita[editar]

Não houve terceira feita. Se houvesse, não seria Segundo Comando da Capital, e sim Terceiro Comando da Capital.

E isso comprova a existência do Segundo Comando da Capital?[editar]

Não. Mas bem que o Gugu queria que eles existissem, aí ele daria altos pontos no Ibope ameaçando o Datena no Domiiiiingggggguuuuuuuuuuuuuuuu LE-GAL!

"Que droga..."[editar]

Seu traficante safado! Tá me oferecendo droga, né? Pois você vai ver só, vou chamar os omi!