Tião Carreiro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Death99.png Tião Carreiro já morreu!

Foi dançar "Thriller" com Michael Jackson!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno



60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Tião Carreiro.

Cquote1.png Você quis dizer: Maior guitarrista de todos os tempos Cquote2.png
Google sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Você quis dizer: Maior "riffer" de Metal Cquote2.png
Google sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Tião ! Cquote2.png
Coronel Nhô sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Me matei para aprender com Tião Carreiro Cquote2.png
Elvis sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Eu vejo a Terra......e ouço Tião Carreiro Cquote2.png
Yuri Gagary sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Ele é o rei Cquote2.png
Roberto carlos sobre Tião Carreiro
Cquote1.png He is the king Cquote2.png
BB King sobre Tião Carreiro

Tião Carreiro, ele mesmo !!

Cquote1.png Bem que nós tentamos tocar Cquote2.png
Quinteto violado sobre a música de Tião Carreiro
Cquote1.png Num pega de jeito nenhum Cquote2.png
Lucas Biffano sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Meu mestre !!! Cquote2.png
Seu Madruga sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Quem é apaixonado por Tião Carreiro...(tempo pra pensar)...gosta demais de Tião Carreiro Cquote2.png
Lucas Biffano sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Tudo muda...exceto a música de Tião Carreiro Cquote2.png
Sócrates sobre Tião Carreiro
Cquote1.png Desisti no primeiro capítulo! Cquote2.png
Joe Satriani, Quando comprou a revistinha de violão para iniciantes do Tião Carreiro
Cquote1.png Eu desisti no índice! Cquote2.png
Slash, Quando comprou a revistinha de violão para nível infantil do Tião Carreiro
Cquote1.png Lá é um parque de diversões bem legal! Cquote2.png
Carla Perez sobre Tião Carreiro


Tião Carreiro foi o homem que nasceu para revolucionar a música mundial em todos os aspectos geopolíticos-ambientais. Conseguiu unir em suas composições o cheiro da terra e o sabor da mata com uma velocidade que Albert Einstein descreve como velocidade da luz, pois a viola prateada de Tião Carreiro refletia a luz de um velho candelabro do canto da sala onde ele se concentrava para tocar.

Tião Carreiro antes da fama


História[editar]

Tião Carreiro é provavelmente a primeira reencarnação de Sidarta na Terra. Filho de lavradores Tião Carreiro não tinha brinquedos quando pequeno e aos três anos ao achar na rua um grampo e um pedaço de madeira, em uma atitude desesperada Tião Carreiro arranca seus cabelos das costas e constrói sua primeira viola. Ouvindo o canto dos passarinhos ele desenvolve a chamada hoje afinaçã caipira da viola e inicia-se como autodidata neste instrumento. Com cinco anos Tião Carreiro começa a fazer sucesso ao desenvolver uma técnica de viola em que suas mãos permanescem estáticas e o som sai naturalmente. Esta técnica foi baseada no primeiro livro que Tião Carreiro leu (autodidata também na leitura e na escrita) chamado a Teoria da relatividade de Albert Einstein assim ele conseguiu tocar na velocidade ideal em que suas mãs parecem estáticas. Tião Carreiro inicia sua carreira de trovador tocando para belas moças nos castelos e acaba virando um poeta, boêmio e violeiro aos dez anos. Nesta fase da vida Tião Carreiro inicia-se sexualmente em uma orgia com quinze mulheres as quais engravidou (TODAS).

Tião Carreiro e a viola do dragão[editar]

Existe uma teoria sobre a viola de Tião Carreiro de que ele teria subido na lendária torre de Kami-Sama antes de Goku e ao encontrar o criador das esferas este lhe ofereceu seu lugar de guardião do planeta Terra mas como Tião Carreiro é humilde ele recusou e acabou por ganhar a sua viola do dragão, fato que o governo americano nega mas no último torneio de artes marciais o Kami-Sama revelou o fato sobre Tião Carreiro.

Tião Carreiro e Pardinho[editar]

Tião Carreiro se dá conta do enorme potencial que tem e se isola por sete anos no deserto do nevada acaba sendo membro honorário e co-fundador da Área 51, pólo exportador de pinga dos EUA e que o governo americano nega a existência. Neste momento de profunda meditação no deserto, Tião Carreiro cria a técnica chamada two hands na qual com uma viola de dois braços ele toca estaticamente na velcidade da luz cada uma delas com apenas uma mão. Todos pensam que Pardinho era um companheiro violeiro de Tião Carreiro quando na verdade Pardinho é apenas o nome dado por Tião Carreiro para sua mão direita que tocava o segundo braço da viola dupla.

Tião Carreiro e as tentativas de cover[editar]

Várias vezes tentaram fazer cover de Tião Carreiro mas devido à velocidade da viola do mestre, ninguém conseguiu tocar uma música de Tião Carreiro a não ser ele, o ilustre Almir Sater já tentou e falhou. Todas as pessoas que tentam fazer cover do mestre acabam dizendo: "Tião Carreiro se ouve...não se toca.".

Quero ver outra vez seus olhinhos de noite serena e Tião Carreiro[editar]

Como mestre de Seu Madruga, Tião Carreiro ensinou uma música ao seu discípulo, a famosa Quero ver outra vez seus olhinhos de noite serena. Reza a lenda que a primeira vez que Seu Madruga teve contato com a música, sua habilidade musical despertou. Depois disso, ele ganhou um Grammy com a composição de Tião.

Tião Carreiro na TV (Cheech e Chong)[editar]

O mestre da viola estreou como protagonista de uma série de TV nos EUA em que ele satirizava o seu hábito de fumar charutos mexicanos, junto de seu amigo companheiro Chong.

Tião Carreiro e a Criação do Pagode[editar]

Segundo fontes filedignas como o Jornalóide, o Fantástico e a Revista Veja, foi o Tião Carreiro o responsável pela criação do verdadeiro pagode, que consistia num esquema músical no qual se usava uma viola e um violão. Infelizmente, para tristeza do mestre, os sambistas participantes do MSP resolveram copiar o seu estilo e se apropriaram do termo, deixando Tião Carreiro esquecido e desapropriado de sua grande criação.

Tião Carreiro vigiando esse artigo


Tião Carreiro e o Duelo[editar]

Almir Sater conta uma lendárea história de quando Jimmy Hendrix desafiou Tião Carreiro o guitarrista tocou sua música Vodoo Child e ao desafiar o mestre este se comoveu com o fato do guitarrista ser canhoto e tocou a música de Jimmy apenas com os dentes (sem usar as mãos) foi aí que Hendrix começou a usar essa técnica em shows.

Tião Carreiro e suas técnicas antes de tocar[editar]

Em entrevista oficial para a revista Pantanal Tião Carreiro confessou ser um amante da técnica de cheiramento de gatinhos dizendo que seu grande mestre é Aécio Never e que sempre antes de pegar sua viola ele pratica o ritual do cheiramento de gatinhos.

Tião Carreiro não morreu[editar]

Na verdade Tião ressucitou e hoje reside na cidade de Corguinho, Tião teria reencarnado como o E.T. Bilu. Essa reencarnação aconteceu porque Tião teria uma missão a cumprir na terra, a gravidade (gerada pelo som da viola de tião carreiro) estaria em risco comprometendo a estabilidade da terra, a viola do dragão esta nas mãos de um de seus maiores inimigos PELÉ (metido a cantor), Tião esta disposto a recuperar a viola do dragão e salvar a humanidade.

Verdades sobre Tião Carreiro[editar]

  1. Quando Tião Carreiro sai de casa nenhuma mulher permanece solteira a não ser a mãe de Tião Carreiro.
  2. Chuck Norris é o único que já o viu Tião Carreiro ao vivo.
  3. Tião Carreiro gera a gravidade Terrestre com o som de suas cordas.
  4. O departamento de inteligência americana vive sob vigilância de Tião Carreiro.
  5. Bin Laden está escondido dentro da viola de Tião Carreiro.
  6. Elvis não morreu ele virou aprendiz de Tião Carreiro.
  7. Camões inspirava seus sonetos nas letras de Tião Carreiro.
  8. Ninguém pega Tião Carreiro na viola.
Buddy Guy com tres na cama.jpg .:: Tião Carreiro é bluseiro! ::.

Isso explica porque ele faz solos de guitarra de dez minutos.

Com certeza alguma música dele é de autoria de Willie Dixon.