Without a Trace

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Policia Militar? Cquote2.png
Google sobre Without a Trace.
Cquote1.png E eles desapareceram!!! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Desaparecidos.
Cquote1.png Sério mesmo? Cquote2.png
Capitão Sarcasmo sobre frase acima.
Cquote1.png Já comi... Cquote2.png
Equipe do FBI sobre Sam Spade.
Cquote1.png De domingo para segunda, qualquer hora depois das 5 no SBT. Cquote2.png
SBT sobre Without a Trace.
Cquote1.png Ai,ai,ai,ui,ui,ui... Cquote2.png
Silvio Santos sobre Jack Malone.
Cquote1.png Eu assisto!!! Cquote2.png
Retardada do orkut sobre Desaparecidos.
Cquote1.png Eu também!!! Cquote2.png
Você sobre a frase acima.

A equipe do mal.

Without a trace (Desaparecidos, no Brasil) é mais uma série estadunidense que desta vez se passa em Nova Iorque.

A série, conta a história de uma equipe da PM FBI especializada em em pessoas desaparecidas, que no estilo de CSI e Cold Case, os personagens têm que lidar com seus problemas pessoais e desvendar misteriosos desaparecimentos o mais rápido possível, ou correm o risco de o diretor perder a paciência e eles o emprego.

A saga de um sonhador[editar]

  • Jack Malone (Anthony LaPaglia) - É o protagonista a série que tem que resolver os casos de desaparecidos todos os santos dias. Jack, na verdade se chama John Michael. Episodios da série indicam que John Jack nasceu por volta de três mil a.C., sendo ele o integrante mais velho da equipe, já que tudo indica que depois dele, o mais velho nasceu no meio da guerra dos cem anos.
Jack invejando a arca de noé

Jack, apesar da velhice tem uma história de vida emocionante: nasceu em algum lugar de algum lugar do planeta Terra, viveu por três anos em outro lugar, e estudou em mais um lugar não-identificado. Bom, o mais importante é quesabemos que John (como ainda era chamado naquela época), tinha o grande sonho de construir um grande navio, e é por isso que eleinvejava Noé que apesar de não ter construido um grande navio, construiu uma grande arca. Depois de invejar Noé e quase morrer afogado no dilúvio, John resolveu construir ele próprio a sua barca, ou navio, mais o máximo que conseguiu construir foi uma jangada que mais tarde acabou emprestando-a ao seu colega de infância Randal Kleiser para fazer o filme A Lagoa Azul, mas a ideia foi descartada logo de começo, pelo motivo de a jangada ser muito antiga.

Bom, depois do fracasso da jangada que foi comida pelos cupins, John, ainda com seu sonho maligno, resolveu que criaria de uma vez por todas um grande navio, sendo que ele nem sabia o que era um navio. Já que John não fazia ideia do que era um navio, secretamente inventou um computador, com internet via rádio e antivírus, e depois disso criou o George, um sitezinho de merda pesquisa que mais tarde passaria a chamar-se Google. Agora, mais informado do que era um navio, o nosso aventureiro John finalmente havia conseguido construir um, mais ele se esqueceu de que morava em Goiás. O plano de John agora, era conseguir uma maneira de levar seu navio até o mar, mais o navio acabou chegando todo quebrado por ser arrastado por um caminhão. Depois de quebrar seu barco navio, e ficar famoso por aparecer inúmeras vezes no programa da Márcia, John resolveu viajar para os Estados Unidos em busca de um novo sonho. Mas, como não conseguiu autorização do consulado, ele decidiu viajar clandestinamente. Chegando aos EUA, John estava sendo procurado pela polícia, e por isso decidiu mudar seu nome, daí lhe veio o nome Jack Malone.

Amado Batista... quer dizer, Jack, em seu momento muito macho.

Agora, como Jack, John já tinha feito uma vida nos EUA: trabalhava na Microsoft. Mas acabou sendo despedido porque, em um dos testes, respondeu que o LapTop tinha uma doença chamada Leptospirose que tinha sido causada pelo xixi do mouse. Pobre, sujo, comendo migalhas de pão que os americanos ridículos jogavam nas ruas, Jack acabou dando origem a famosa frase "E o sonho acabou". Driblando seu xará John Lennon, Jack decidiu mostrar que não desistiria tão facilmente, bom, ele não conseguiu um navio, mais conseguiu uma viajem no Titanic. Definitivamente, o destino de nosso aventureiro era se foder nessa merda de vida. Jack foi um dos poucos dez milhões de sobreviventes do Titanic, que depois de fazer uma longa reportagem no Domingo Legal, e outra no SP Record, voltou a sua vida normal, só que agora com mais dinheiro. Jack finalmente podia construir seu navio, só que agora estava traumatizado com o que tinha acontecido no Titanic, por isso resolveu virar detetive do FBI. Agora com seus trezentos trilhões e um monte de bolinhas de anos, Jack está aposentado e morando em Juiz de Fora Portugual.

Outros Personagens[editar]

Sam e sua extraordinária simpatia.
  • Samantha Spade (Poppy Rock) - Sam é uma detetive loira, bonita e mal-comida solteira, que acompanhou Jack em sua saga desde que ele ajudou o FHC na ultima politica. Sam,

depois de se envolver com um playboyzinho da merda, acabou engravidando e virou mãe solteira.

  • Vivian Johnson (Marianne do Bruno e Marrone) - Viv participou da Guerra Fria, da guerra quente, da guerra morna, e também da guerra sem nenhuma porra de medição de temperaturas. É bastante conhecida por "forçar" as testemunhas. É valentona, passada dos mil e quinhentos quarenta, e adora se fazer de macho, mas, só o que ela precisa mesmo é de um puteiro homem.
  • Danny Taylor (Enrique Marciano) - Magrelo, orelhas de abano,

no estilo Mionzinho. Vive dando em cima da sua colega Elena, mais todo mundo sabe que seu motivo mesmo de estar no FBI, é o Martin. Assim como Jack, Danny também trocou seu nome, por causa de um passado gay infeliz que ele não quer lembrar (mentira, ele quer sim).

Martin em seu momento glorioso do dia.
  • Martin FritzGerald (Eric Fechado) - Marrentinho da merda que vive atrapalhando nas investigações. É um viciado. Ele pensa que ninguém sabe que ele além de analgésicos, toma 51 todo dia, e tá sempre com o narizinho no pó.
  • Elena Delgado (Roselyn Sanchez) - É a namoradinha de Danny, na série não faz nada mais do que atender as ligações de clientes testemunhas, e as vezes meter o bedelho onde não deve.

Curiosidades[editar]

5 Balibo.jpg

  • No inicio da guerra dos cem anos, o departamento de pessoas desaparecidas, compareceu para procurar o presidente da republica, daquela época. Mais o episódio não chegou a ir ao ar por que no final, ao descobrirem o "cativeiro", o encontraram na cama com o sequestrador.
  • Um terço da população americana assiste a série.
  • Três pessoas no Brasil assistem a série.
  • As pessoas da curiosidade acima são: alguém viciado no orkut, o Silvio Santos e você.
  • Foi Jack o inventor do cumprimento: para mulheres, tapa na mão. Para homens, beijo de língua!

Cquote1.png Vocês cumprimentam como uma mulher!!! Cquote2.png
Jack para os homens de atualmente.

  • O presidente da primeira curiosidade foi executado por povos revoltados com a homossexualidade.
  • Depois do sonho frustrado de Jack, o seu único sonho era ser o Libélula.
  • Sobre a curiosidade acima: o diretor do filme "Super-Herói, o Filme" não quis que o Jack fosse o protagonista, por que se não o Libélula nunca aprenderia a voar.
  • A história da vida de Jack contada neste artigo não é mencionada na série por que o diretor acredita que a história de um velho desgraçado detetive do FBI é mais emocionante do que a de um velho invejoso sonhador.