Mudanças entre as edições de "Carolina do Norte"

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
(Haja paciencia para se criar este artigo! Vou deixar para um que goste de textos longos.)
 
Linha 1: Linha 1:
{{imagem}}
 
 
{{EUA}}
 
{{EUA}}
 
{{wikipedia}}
 
{{wikipedia}}
 
{{c|Lisa, nós te prometemos que quando você for maior de idade, nós te colocaremos na Universidade Federal da Carolina do Norte.|Marge Simpsons convencendo a Lisa Simpsons a não ir nas facudades caras da Carolina do Sul}}
 
{{c|Lisa, nós te prometemos que quando você for maior de idade, nós te colocaremos na Universidade Federal da Carolina do Norte.|Marge Simpsons convencendo a Lisa Simpsons a não ir nas facudades caras da Carolina do Sul}}
 
{{c|NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAOOOOOOO!!!|Lisa ao ouvir a idéia da Marge}}
 
{{c|NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAOOOOOOO!!!|Lisa ao ouvir a idéia da Marge}}
  +
[[Imagem:MissCarolinaNorte.jpg|140px|thumb|Agora [[você]] sabe porque a Carolina do Norte é tão visitada.]]
 
 
A '''Carolina do Norte''' é um dos 50 estados dos Estados Unidos da América, localizado na região sudeste do país sendo ela mais um ponto de imigração ilegal de latinos-americanos e até mesmo de mexicanos. A Carolina do Norte possui um dos litorais mais traiçoeiros e acidentados do país, por causa da grande presença de recifes e bancos de areia ao longo da costa sua costa, e pelo estado imprevisível das condições dos oceanos na região, que ao longo da história da Carolina do Norte provocaram diversos acidentes marítimos e naufrágios, especialmente ao longo do Cabo Hatteras, que possui o cognome de Graveyard of the Atlantic, afundando [[mais de 8 mil]] navios por isto, onde pior do que isto, só são as escolas universitárias existentes da Carolina do Norte.
 
A '''Carolina do Norte''' é um dos 50 estados dos Estados Unidos da América, localizado na região sudeste do país sendo ela mais um ponto de imigração ilegal de latinos-americanos e até mesmo de mexicanos. A Carolina do Norte possui um dos litorais mais traiçoeiros e acidentados do país, por causa da grande presença de recifes e bancos de areia ao longo da costa sua costa, e pelo estado imprevisível das condições dos oceanos na região, que ao longo da história da Carolina do Norte provocaram diversos acidentes marítimos e naufrágios, especialmente ao longo do Cabo Hatteras, que possui o cognome de Graveyard of the Atlantic, afundando [[mais de 8 mil]] navios por isto, onde pior do que isto, só são as escolas universitárias existentes da Carolina do Norte.
   

Edição das 11h54min de 3 de julho de 2011

Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos Predefinição:Wikipedia Cquote1.svg Lisa, nós te prometemos que quando você for maior de idade, nós te colocaremos na Universidade Federal da Carolina do Norte. Cquote2.svg
Marge Simpsons convencendo a Lisa Simpsons a não ir nas facudades caras da Carolina do Sul
Cquote1.svg NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAOOOOOOO!!! Cquote2.svg
Lisa ao ouvir a idéia da Marge

Arquivo:MissCarolinaNorte.jpg
Agora você sabe porque a Carolina do Norte é tão visitada.

A Carolina do Norte é um dos 50 estados dos Estados Unidos da América, localizado na região sudeste do país sendo ela mais um ponto de imigração ilegal de latinos-americanos e até mesmo de mexicanos. A Carolina do Norte possui um dos litorais mais traiçoeiros e acidentados do país, por causa da grande presença de recifes e bancos de areia ao longo da costa sua costa, e pelo estado imprevisível das condições dos oceanos na região, que ao longo da história da Carolina do Norte provocaram diversos acidentes marítimos e naufrágios, especialmente ao longo do Cabo Hatteras, que possui o cognome de Graveyard of the Atlantic, afundando mais de 8 mil navios por isto, onde pior do que isto, só são as escolas universitárias existentes da Carolina do Norte.

A sua história

Ei aqui uma curta história (ou não) sobre esta cidade tão complicada que é a Carolina do Norte e porque é melhor ser feliz viver no lugar aonde você está.

Até o ano de 1712

Cerca de 30 tribos nativos norte-americanos viviam na região que atualmente constitui a Carolina do Norte, à época da chegada dos primeiros exploradores europeus na região para a procura de ouro e mulheres gostosas indiginas para se procriarem com elas. Estas tribos incluíam os cherokee na região das Montanhas Blue Ridge do oeste da Carolina do Norte, os hattera, que viviam ao longo do litoral do atual estado, e os catawba, chowanoc e os tuscanora da região do Piemonte, todos extintos pelos colonizadores por considerarem estes indios uns bandos de hiscórdias barbaros.

Nas sete décadas que se seguiriam, diversos exploradores franceses e espanhóis explorariam a região, os primeiros atrás de peles de animais e os últimos atrás de metais preciosos e os demais atrás de sexo mesmo. Ambos não fundariam nenhum assentamento de caráter permanente na Carolina do Norte, como eram.

No início da década de 1580, os ingleses iniciaram seus esforços de colonização da costa atlântica da América do Norte na base de força bruta. Em 1584, Walter Raleigh enviou diversos exploradores à costa atlântica, mais exatamente para o trecho de litoral que faz parte atualmente do litoral da Carolina do Norte. No ano seguinte, em 1585, o primeiro assentamento britânico em todo o continente americano foi fundada, na ilha de Roanoke onde daí passou a viver no estilo americano de se viver. Os tuscarora realizaram um grande ataque nas comunidades habitadas por colonos de ascendência européia no interior do condado de Albermarle, em 22 de setembro de 1711 tendo mais e mais sachinas por causa disso. Estes nativos estavam enfurecidos pela crescente perda de suas terras aos europeus e desejavam liberdades daqueles FDPs inglêses bichonas. Os tuscarora mataram centenas de pessoas, roubaram pertences e queimaram colheitas e residências. Este ataque iniciou a Guerra Tuscarora, que perduraria até 25 de março de 1713, com vitória dos colonos, apesar de agora eles teriam que criar novas colheitas na marra já que estes destruiram suas próprias.

As crescentes diferenças econômicas e políticas entre a população dos condados de Albermarle e Craven causaram eventualmente a dissolução da província de Carolina pois um não concordavam com o outro, desde trocas de riquezas até nas suas religiões, sendo um, católico pedófilo e outro, protestante gays. Em seu lugar, foram fundados duas distintas províncias coloniais: a Carolina do Norte como a conhecemos e a Carolina do Sul, no que eram anteriomente os condados de Albermarle e Craven por acharem o nome de Carolina feio demais.


Flag map Estados Unidos.png Estados Unidos
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografiaEconomiaCulturaTurismo